11.12.12

nhami nhami de natal

Conforme prometido, partilho as receitas de Natal que aprendi a confeccionar no workshop promovido pelo Sabor do Ano. Adorei os pratos e fiquei rendido aos encantos da manteiga de farinheira. Se alguém tiver alguma dúvida, estou aqui para (tentar) ajudar. Aproveito ainda para colocar uma questão que aprendi naquele final de tarde. Quem sabe porque se usam luvas azuis nas cozinhas dos restaurantes?

 
PS – Não se queimem como eu.

Saudação
Torricado, manteiga de farinheira e palito porco
 
Ingredientes:
Pão forma ou outro cortado em forma de rectângulo, azeite, farinheira, alho, lagartinho ou pluma de porco preto, flor de sal e manteiga a temperatura ambiente
 
Confecção:
Retirar a pele a farinheira. Numa frigideira quente adicionar um pouco de azeite. Colocar a farinheira e deixar cozinhar um pouco até que fique macia. Colocar dois dentes de alho a Bringir (ferver só em agua cerca de 2 minutos) retirar. Colocar a farinheira, a manteiga e os alhos numa trituradora e turbinar a velocidade máxima até ligarem todos os ingredientes. Colocar no frio e depois fazer rolinhos com ajuda de pelicula aderente. Fritar o pão em azeite com um dente de alho. Temperar a carne com sal e pimenta e corar em azeite. Colocar no prato uma rodela de manteiga em cima do pão, colocar a carne por cima da manteiga adicionar um pouco de flor de sal.
 
 
Entrada
Ouriço de bacalhau, recheado de branda de azeitona, tapenade e salsa frita
 
Ingredientes:
300gr bacalhau cozido sem espinha e pele, 500gr batata cozida reduzida a puré, 20gr azeitona preta picada, 2 ovos inteiros, azeite qb, sal e pimenta qb, 5 gr salsa fresca, 2 un esparguete seco, leite qb e farinha qb.
 
Confecção:
Colocar o bacalhau num pano e bater com ajuda de um peso até o bacalhau ficar totalmente em fios, colocar numa taça juntar os ovos, temperar de sal e pimenta, dissolver um pouco de farinha em leite e juntar. Tem que ficar uma pasta seca mas ligada para moldar. Com ajuda de umas varas bater bem o puré de batata e se necessário adicionar um pouco de leite. Tem que ficar leve e fofo. Juntar a azeitona picada e envolver, temperar a gosto. Moldar o ouriço com ajuda de uma batata nova e pequena colocar num palito de espetada, moldar o aparelho do bacalhau na batata com ajuda das mãos, espetar o esparguete em pedaços pequenos e fritar em óleo quente ate ficar dourado. Retirar e tirar a batata. Rechear o interior com a brandade de batata e azeitona. Em óleo quente as folhas de salsa, colocando no óleo e retirar de imediato.
 
 
Principal:
Lagartinho de porco preto recheado com farinheira, espuma de esparregado, crumble de crackers de sesamo, crocante de toucinho glaceado.
 
Ingredientes:
1 embalagem – esparregado sabor do ano, 50 gr toucinho fumado, 100ml vinagre balsâmico, açúcar qb, 50gr crackers de sésamo sabor do ano, 20 gr manteiga,  sal qb, fio de mel, 40 gr puré de farinheira, 400gr lagartinho de porco, alho e tomilho qb.

Confecção:
Cortar a carne em rolo grande e fazer uma fissura no interior com ajuda da faca temperar com sal e pimenta, colocar a farinheira num saco de pasteleiro e rechear a carne, corar em azeite bem quente de todos os lados, adicionar alho e tomilho para dar mais sabor a carne. Vai ao forno a 200gr cerca de 7 minutos para terminar a confecção, triturar o esparregado muito bem na trituradora, aquecer e colocar dentro do sifão fechar e colocar 2 botijas de gás agitado sempre. Cortar o toucinho em cubos, corar o toucinho em pouco de azeite, deixar reduzir o balsâmico a um terço com um pouco de açúcar, colocar o toucinho junto do balsâmico e deixar cozer um pouco. Triturar as bolachas, juntar a manteiga e o fio de mel, amassar bem com as mãos e vai ao forno a 180gº num tabuleiro até secar e ficar grumos grandes. Para poder esfarelar. Empratar com a carne cortada a gosto de forma a ver o recheio no interior, temperar com flor de sal e o molho feito na frigideira onde cozinhou, adicionar o crumble por cima da carne, dispor o toucinho em volta do prato e por fim adicionar a espuma de esparregado pressionando o sifão suavemente. Pode fazer o mesmo apenas com o esparregado se não tiver o sifão.
 
 
Sobremesa:
Bolo de erva-doce e azeite, redução de sangria e doce de ameixa e amêndoa e porto
 
Ingredientes:
500ml sangria, 2 vagas de zimbro, 3 ovos, 55gr bolacha maria em pó, 75gr farinha tipo 55, 190gr açúcar, 150ml azeite, 1 colher de café de fermento.
 
Confecção:
Colocar a sangria numa panela com 2 vagas de zimbro e deixar reduzir a mel em lume brando. Adicionar as gemas numa taça, juntar o açúcar, mexer bem, juntar o azeite, envolver bem, ir incorporando a farinha junto com a bolacha e mexer bem, adicionar a erva-doce semi triturada. Bater as claras em castelo e incorporar aos poucos. Colocar numa forma ou tabuleiro e levar ao forno a 180gº cerca de 15 minutos. Se for a forma de tamanho grande, cortar com um molde e empratar no prato com a redução por baixo, o bolo em cima e compota acompanhar.
 
 

23 comentários:

  1. Acho que engordei só de ler :) parecem muito boas. Bjs

    ResponderEliminar
  2. Esteáramos tem óptimo aspecto:)

    Http://styleloveandsushi.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. As luvas azuis é para se ver bem o que está agarrado ás mãos, lol.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há nenhum ingrediente azul na cozinha. Assim, se algum prato tiver algo azul tem que ser luva e não sai da cozinha.

      Eliminar
  4. *** Feliz Natal e um Excelente 2013, são os votos do blog "Soluções Anti-crise" ***

    ResponderEliminar
  5. Tem tudo muito bom aspecto! Acho que me vou aventurar a confeccionar.

    Quanto à tua pergunta... Penso que seja porque não existe nenhum ingrediente dessa cor, logo se for encontrado algo azul num prato só pode ser luva! O que não é lá muito bom... ;p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fazes bem que é tudo bom :)

      Muito bem, é isso mesmo. Só soube naquele dia. Assim os pratos "com luva" nunca vão para a mesa ;p

      Eliminar
  6. Tem bom aspecto! Aposto que o Chef Ramsey daria nota máxima. ;)

    ResponderEliminar
  7. Que bom aspecto :) Os meus olhos até ficaram a brilhar:) mas para mim o ideal era combinares e fazeres aqui aos teus leitores uma demonstração com dgustação claro :) Kiding!

    ResponderEliminar
  8. Ui que bom aspecto,cozinha de autor! Aquela manteiga de farinheira ainda experimento.Obrigada pela partilha . :)

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde,
    Qual é a quantidade de manteiga para 1 farinheira?
    Obrigada

    ResponderEliminar