13.4.15

realidade ou efeito psicológico?

Conheço pessoas que dizem ficar aceleradas quando bebem Red Bull. Conheço outras que bebem uma lata e dizem que nada lhes acontece. Que não sentem efeito nenhum. E remetem os efeitos que os outros sentem para o campo psicológico. “Ouves dizer que a bebida tem um determinado efeito, como tal, assim que bebes, acreditas que vais sentir esse efeito e pensas que o estás a sentir”, defendem as pessoas que acreditam que os tais efeitos são meramente psicológicos.

Isto aplica-se a muitas coisas. E o mundo do desporto não é excepção. Ao aceitar fazer parte de uma equipa de futsal aumentei a carga desportiva. Às idas diárias ao ginásio acrescentei treinos de futsal (duas vezes por semana). A isto junta-se o apertado calendário de jogos (em média dois por semana) que resulta da participação em dois torneios de futsal. Num dos jogos, depois de uma noite mal dormida, senti uma pequena dor numa perna. Reduzi a intensidade e o número de treinos. Recorri às massagens para recuperar e, pela primeira vez, experimentei a KT Tape (aqueles adesivos, em muitos casos azuis, que os atletas costumam utilizar).


Explicado de forma simples e rápida, a kinesioterapia recorre à aplicação de uma banda adesiva que faz compressão para que sejam evitadas lesões ao mesmo tempo que acelera o processo de recuperação dos atletas. Existem pessoas que defendem que isto não passa de uma “mariquice”. Ou seja, é mais uma daquelas coisas que apenas resultam no campo psicológico e que viraram moda.

Não posso falar em relação aos outros mas a minha experiência pessoal leva-me a ser fã destes adesivos. Antes de aplicar os mesmos estava a treinar limitado. Após a aplicação, senti a perna completamente diferente. Treinei melhor, sem limitações e fiz um jogo sem qualquer problema. Depois de retirar os adesivos fiquei com a sensação de falta de protecção na perna. Não sei se é o meu lado psicológico a funcionar. Mas fiquei fã. Tanto que vou aplicar novamente. Se desse lado estiver alguém que já tenha usado, agradeço que partilhe a sua experiência.

24 comentários:

  1. São como as pulseiras do equilíbrio,onde muitos afirmavam que melhoravam o sono por exemplo,e outros disseram que não sentiram efeito nenhum.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não consigo comparar estes adesivos a um "acessório".

      Eliminar
  2. Já usei umas fitas cor de rosa e outras verdes. Não sei se sou eu que sou mesmo ruim, ou se são as fitas que realmente só servem para dar uma cor mais naice ao esqueleto.... em mim não noto qualquer resultado.

    (e já agora, o red bull a mim não me altera em nada)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu senti muitas diferenças na perna. Deixei de sentir dores.

      Eliminar
  3. Acho que pode acontecer nos dois casos: ser real o efeito (isto porque já senti o efeito de um redbull) e psicológico. Depende do caso. Bjs

    ResponderEliminar
  4. interessante! eu ja tinha lido que muitos jogadores e atletas tb tem esta sensação, e usam sempre! interessante!

    ResponderEliminar
  5. Eu nunca utilizei, mas conheço muita gente que utiliza e diz que realmente funciona.
    Tenho um amigo que faz parte da equipa de preparação física de um clube de futebol que diz que a KT Tape mantem os músculos no sítio, previne lesões e ajuda na recuperação, é usada como tratamento frequentemente e que o seu aparecimento veio facilitar muito a recuperação de lesões musculares.
    Tenho também colegas de corrida que já utilizaram e dizem que diminuiu bastante o tempo de recuperação e que se sentem mais confortáveis com as tiras colocadas.
    Quanto ao Red Bull a história é outra, tem a ver com a sensibilidade das pessoas às substâncias contidas na bebida, uma delas é cafeína, é óbvio que quem estiver habituado a beber muito café não vai sentir o mesmo efeito que quem nunca toma café, a reação à quantidade de taurina presente no Red Bull não está devidamente estudada, mas fortalece as contrações cardíacas, ou seja a bebida supostamente dá energia e acelera, é claro que depende de pessoa para pessoa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A explicação que dás foi aquela que me foi dada por quem aplicou. Grupos de músculos deixam de andar "à solta" e isso é bom, por exemplo no futebol, onde os movimentos podem ser bruscos.

      Eliminar
  6. em relação a esses adesivos não sei.. Mas em relação à cafeina (constituinte do red bull) depende de pessoa para pessoa, porque existem pessoas que tem receptores muito sensíveis à cafeina que lhes dá a sensação de energia e outras que não..
    Eu se bebo café à noite ainda durmo melhor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A cafeína nem sempre mexe comigo mas os adesivos mexem ;)

      Eliminar
  7. Já os usei os tapes por várias vezes na recuperação de lesões e de forma a poder estar presente em algumas provas. Tenho a dizer-te que tive uma sensação muito semelhante à tua. Corri quase sem dores (impossível não ter dores dadas as lesões) mas num nível muito aceitável.
    Se é "mariquice"? Se funciona pelo psicológico? Talvez.
    Comigo resultou. Têm apenas um pequeno senão, não nos permitem o uso de bálsamos de aquecimento senão vão descolar completamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o blogue e o texto fossem teus provavelmente o comentário seria meu.

      Eliminar
  8. Pessoalmente já usei em várias ocasiões e aquilo que mais sentia é que a zona onde se aplicava as fitas ficava presa e segura (no bom sentido). Para além disso, realmente quase que não tive dores depois de aplicar aquilo.
    Quanto ao aspecto psicológico da coisa até admito que possa ter algum impacto mas das primeiras vezes que usei ninguém me explicou o que é que aquilo fazia ou se era suposto ser milagroso ou o que quer que seja. Ou seja acho que desde que correctamente aplicado e que a pessoa em causa não exagere o esforço - só porque aquilo não impede que se arranje uma lesão muito complicada se não se tiver cuidado - só trás vantagens e é mesmo eficaz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que é quase impossível não afectar o lado psicológico quando se sabe que vai fazer bem. Penso como tu.

      Eliminar
  9. Por vezes, tenho dores nos gémeos de andar muito a pé, e das caminhadas que faço.
    Já pensei experimentar coloca-las quando fizer um caminhada mais longa.
    E tenho muitas câimbras.
    Mas como passam, desisto de experimentar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Informa-te com alguém e aplica, caso seja o caso.

      Eliminar
  10. Ainda bem que te sentiste bem e a experiência com o kinesiotape foi positiva. Sou um dos formadores da técnica em Portugal e garanto que quando bem aplicado o kinesiotape tem bons resultados, não é só uma moda porque já existe desde 1979. Não se resume a compressão e pelo caso que tu descreves parece ter sido de descompressão (depende da tensão com que o kinesiotape é aplicado).
    Tens aqui um excelente artigo que resume as bases e conceitos do kinesiotaping feito pela Football Medicine (grupo de excelentes profissionais de saúde portugueses): http://footballmedicine.net/kinesio-taping-in-sports/
    Abraço e boa recuperação

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá André!

      Muito obrigado pela tua explicação e pelo link. No meu caso senti uma ligeira "picada" na coxa. Os dois adesivos fizeram desaparecer a ligeira dor que sentia em alguns movimentos.

      Eliminar
  11. Sim funciona mesmo. Eu pelo menos senti que sim. Fiz uma entorne num pé à uns meses a praticar desporto e na véspera de uma caminhada importante a minha fisioterapeuta aplicou-me essas tiras e posso dizer que fiz os 12 km sem sequer me lembrar que tinha a entorse. Só tem um problema... Como não nos dói acabamos por abusar um bocado e atrasamos o tratamento da lesão. Não te aconselho a usares muitas vezes seguidas (como eu fiz mas eu não sou exemplo para ninguém) porque corres o risco de estar a esforçar a lesão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou a usar nesta altura porque ando a ter dois jogos por semana. Não querendo faltar a nenhum, experimentei os adesivos para perceber como seria a reacção. Mas não me quero "viciar" neles.

      Eliminar
  12. Não é de todo psicológico, realmente fazem efeito se colocados corretamente por quem sabe.

    ResponderEliminar