14.3.16

como abordar uma mulher num ginásio

Neste texto dei conta de alguns desabafos reais feitos por mulheres e sobre aquilo que gostariam que os homens fizessem no primeiro encontro. Num dos comentários do texto abordou-se a temática da forma como os homens devem abordar as mulheres ou como as mulheres gostam de ser abordadas ou convidadas a sair. Especialmente num cenário específico como é o caso de um ginásio.

Sou a favor da naturalidade. Mesmo que isso possa fazer com que, neste caso, um homem possa revelar nervos no momento de abordar uma mulher. Acredito que as mulheres conseguem perceber os nervos de um homem e até acham piada a isso quando acham piada ao homem em questão e, por exemplo, até ansiavam pelo momento em que ele metesse conversa. Mas quando se trata de um ginásio as coisas conseguem mudar de figura...

O ginásio é capaz de ser um dos piores sítios (ou mesmo o pior) para um homem abordar uma mulher. Ou mesmo para olhar para ela (quando não se consegue evitar esse olhar) sem que esse simples gesto possa ser interpretado da forma errada. E digo isto porque é um espaço onde existe muita "sensualidade" que sendo acessório deixa de o ser quando uma pessoa tentar abordar outra. E quando falo de sensualidade refiro-me às roupas justas e algumas vezes curtas que, ao contrário do que acontecia antigamente, são usadas por praticamente todas as mulheres. Algo que pode ser uma barreira para uma abordagem.

E existem outros riscos como as palavras erradas e o momento errado para a abordagem, algo que faz com que a mais simples e natural abordagem possa ser entendida como o acto de um homem tarado que está no ginásio para engatar mulheres e não mais do que isso. Mesmo assim, considero que existem coisas que podem facilitar uma abordagem.

Primeira regra, e aquela que considero ser a regra de ouro que nunca pode ser quebrada no momento de abordar uma mulher num ginásio. Nunca, mas NUNCA elogiar o corpo da mulher. Por melhor que seja a intenção é meio caminho andado para que tudo corra mal. Ainda na temática do corpo, outro passo mal dado é tentar impressionar a mulher com o corpo e não com a personalidade. Estar a mostrar constantemente os músculos poderá funcionar com algumas mulheres mas acredito que irá afastar a maioria delas.

Um bom truque pode passar, por exemplo, por pedir ajuda num determinado exercício ou no funcionamento de uma determinada máquina. E uma abordagem tão simples como esta poderá dar a entender se a mulher está disposta a mais conversas ou não. Se costumarem treinar sempre à mesma hora e com treinos semelhantes podem ser também parceiros de treino, com as tais ajudas em determinados exercícios.

Quando estes (ou outros) factores fazem com que o homem acredite que está na hora de abordar a mulher resta apenas escolher o melhor momento para o fazer. Por exemplo, nunca abordar a mulher a meio de um exercício. O melhor será sempre esperar pela altura em que a mulher está numa pausa entre exercícios. Por fim, não esperar este mundo e o outro na primeira abordagem. Não insistir quando não existe o feedback que se desejava nem ficar demasiado eufórico com uma reacção positiva e desejada. A partir daqui deve imperar a naturalidade.

6 comentários:

  1. Num ginásio??? Todas vermelhas, suadas, despenteadas e a arfar?? O que há de sensual nisto??? :P
    Eu acho que é melhor esperar pela saída do ginásio, depois de um banhinho tomado e aí sim, convidar para um café...
    Sei lá... sou casada há tantos anos que não imagino qual seja a melhor forma de abordar alguém num ginásio... ou em qualquer outro lugar LOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nos dias que correm já não vês pessoas "desleixadas" (sendo que é algo normal) no ginásio. Estão todas (elas e eles) arranjadas :)

      Eliminar
  2. No ginásio, não se aborda, apenas se observa, loll

    ResponderEliminar