31.3.15

se é para aderir à moda das corridas, que seja em condições

Em Agosto de 2013 escrevi este texto dedicado à corrida. Já passaram quase dois anos desde que foi escrito mas continua bastante actual pois a febre das corridas (running, para quem preferir) aumentou com cada vez mais adeptos. Ver muitas pessoas a correr é algo que me alegra. É sinal de que as pessoas estão cada vez mais atentas à saúde. E isso é bom para todos. Porém, observar as pessoas que correm é algo que ainda me entristece, no sentido que muitas pessoas não estão minimamente preparadas para o que fazem. Infelizmente, muitas pessoas correm apenas e só porque correr está na moda. É uma realidade que não pode ser negada. Correm porque o(a) famoso(a) corre, porque o(a) blogger corre ou até porque o(a) vizinho(a) do lado e os(as) colegas do trabalho também correm. E se estas pessoas correm dez ou mais quilómetros, eu também tenho de correr. Mesmo que não pratique desporto há mais de dez anos. Como tal, vou ao roupeiro, pego numa roupa qualquer, nuns ténis velhos que estão ali de lado e toca a correr dez quilómetros que é para poder dizer aos outros que também corro dez quilómetros.

Aconselhar alguém a realizar uma avaliação física é o primeiro passo. Mais vale prevenir e saber se está tudo bem do que remediar uma qualquer lesão ou problema que se podia ter evitado. Depois disto, uma das coisas que considero fundamentais para quem corre é o calçado. Já vi pessoas a correr de sandálias e com ténis que não são indicados para desporto. Nesse sentido, e ao contrário do que fiz no texto antigo, vou partilhar alguns ténis que foram escolhidos como os melhores deste ano, de acordo com o site The Active Times. Convém salientar que listas de ténis são como as dos anti-vírus, ou sejam ficam desactualizadas depressa com o aparecimento de novidades. Porém, com ou sem novidades, qualquer uma destas escolhas é boa.

Antes de escolher os ténis, convém saber o tipo de passada. Isto é fundamental para que se compre um modelo que vá durar mais tempo e, mais importante, seja indicado ao atleta. Existem os pronadores (são aqueles que gastam mais sola do lado exterior do pé), os supinadores (lado de dentro) e os neutros (gastam a sola por igual). Existem lojas que disponibilizam um teste mas também podem ter uma ideia olhando para a sola do calçado que têm em casa. Assim percebem onde gastam mais sola. Sabendo isto pode investir-se nuns ténis mais caros escolhendo o modelo adequado e não aquele que tem as cores mais bonitas e que fica melhor nas fotografias.

Adidas adizero Adios Boost 2.0

Uma das escolhas dos maratonistas. Um modelo leve com tecnologia boost no amortecimento, que garante suporte e conforto ao mesmo tempo que oferece o máximo retorno e energia a cada passada.

Nike Lunar Eclipse 5

A qualidade do amortecimento da passada e as características de estabilidade são um cartão de visita. A plataforma Dynamic Support oferece um suporte extra sem peso adicional.

Asics Gel-Nimbus 17

Modelo bastante popular. É mais leve do que as versões anteriores e tem o sistema de retropé e antepé Gel aumenta o conforto global o que resulta numa corrida mais suave do que nunca.

Salomon S-Lab Fellcross 3

Considero um dos melhores modelos do ano para trail e a reputação da marca no que aos desportos ao ar livre diz respeito fala por si. É uma espécie de segunda pele nos pés daqueles que gostam de corridas em terrenos mais extremos.

Merrell All Out Charge

Outra boa escolha para os trail runners que gostam de se sentir seguros na corrida. Foi pensado tendo em conta a durabilidade e o amortecimento garante protecção contra o impacto.

New Balance Borocay

O destaque é o amortecimento suave e consistente atavés daquilo que a marca descreve como “a ciência a levar a suavidade a um nível nunca visto”. Ideal para corredores que querem uma passada suave e orientada.

Mizuno Wave Rider 18

As actualizações deste clássico passam por um melhoramento da zona dos dedos dos pés o que garante uma maior suavidade, uma maior durabilidade na sola que absorve melhor o choque garantindo uma maior protecção no impacto.

Este modelos destacam-se por um preço mais elevado. O que numa primeira análise pode soar a caro. Mas, quando se tem em conta o bem que fazem ao corpo, não apenas aos pés, e o dinheiro que poupam em eventuais tratamentos acabam por ser modelos baratos. Mesmo assim, quem não quer gastar (ou não pode) tanto dinheiro num destes modelos, poderá optar por um da própria marca das lojas de desporto. As marcas já disponibilizam modelos próprios com tecnologias semelhantes a estas com preços mais convidativos. O que aconselho é que comparem as características desses modelos ou que peçam ajuda aos funcionários de modo a perceber qual a melhor escolha.

Quanto à roupa, julgo que não seja necessário um aconselhamento mais prolongado. Nos dias que correm, qualquer loja tem roupa boa a bons preços. No meu caso, posso dizer que as tshirts que mais uso neste momento foram compradas no Lidl e provavelmente são as mais baratas que tenho. De resto, calções uso sempre (pelo menos na maioria das vezes) calções de futebol. Por fim, esqueçam lá isso de correr dez quilómetros hoje quando não correm há dez anos. Não digo que não consigam mas a pressa será sempre inimiga da perfeição. Nada tenho contra modas, mas aquelas que colocam em risco o corpo e a saúde devem ser separadas das demais. Espero que as dicas sejam úteis.

24 comentários:

  1. Depois há quem corra maratonas descalço e este post deixa de fazer muito sentido..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não corro descalço. Não faço parte do grupo de pessoas que defendem que se corra descalço. Não sou adepto do barefoot. Como tal, deixei dicas a pessoas que, tal como eu, preferem correr com os pés aconchegados. Respeito, quem como tu, aparentemente prefere correr descalço. Nesse caso, tens toda a razão: este post não faz qualquer sentido.

      Eliminar
    2. Não, não corro descalço. Excepto quando era criança e tinha os montes alentejanos como parque de diversões. Nem as pedras sentia. A verdade é que há tribos que correm kms e kms descalços, em terreno muito pouco propício a isso. Acho que da mesma forma que evoluimos muito, alguma dessa evolução nos pode ter atrasado e deixado dependentes daquilo que criamos. Sabes que não há muitos anos, os sapatos era sola de borracha e pano, os atletas corriam e batiam recordes. Para o corredor comum - como eu, tu e 80% das pessoas -, basta uns ténis que estiveram parados 10 anos e, acima de tudo, força de vontade e fazê-lo porque querem e não por outros motivos.

      Eliminar
    3. Antigamente, na NBA jogava-se com Chuck Taylor. No futebol jogava-se com botas completamente diferente das actuais. As tecnologias permitem melhorar a performance ao mesmo tempo que são melhores na prevenção de lesões.

      Por isso, respeito quem gosta de correr descalço e respeito quem acha que bastam uns ténis que são casuais e não desportivos. Pessoalmente, sou incapaz de aconselhar isso a alguém. Só isso.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Na minha zona, onde o vento consegue ser forte, dava jeito algo para puxar. Parece que se está a correr com uma pessoa às costas.

      Eliminar
  3. Eu cá acho que há muita gente a correr na rua, porque não tem dinheiro para um ginasio e, como será bom de ver, também não têm dinheiro para os Nike A ou os Adidas B :s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente é verdade. Mas existem muitas pessoas que são desleixadas. Hoje em dia entras numa Decathlon (dou este exemplo porque é onde vou mais) e tens ténis da marca deles com uma gama de preços que vai do muito barato a modelos caros. Agora depende do uso que se dá, do desporto que se pratica e tudo mais. Conheço muitos casos de pessoas que arranjaram problemas muito chatos nos joelhos por causa de erros básicos.

      Eliminar
  4. Adoro as Salomon, desconhecia a marca.... (pink)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma marca muito popular e afamada na sua área.

      Eliminar
  5. por acaso as minhas sapatilhas não são as mais adequadas.. mas também não corro 10km.. muito menos.. Mas quem faz estágio não renumerado não pode ter grandes gastos :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas procura nas lojas de desporto que tens opções baratas. E os saldos são sempre uma boa oportunidade para uma boa compra ;p

      Eliminar
    2. irei estar atenta.. e eu sou daqueles casos que desgasta primeiro a parte interior do calçado, mas mete os pés virados para fora como os desenhos animados :P

      Eliminar
    3. Fica atenta que existem muitas promoções boas ;) Eu metia para dentro quando era puto ;p

      Eliminar
  6. As pessoas gostam de seguir modas sem pensar na saúde...

    ResponderEliminar
  7. Mas gostei da tua iniciativa de ajudar =)

    ResponderEliminar
  8. Há muita gente que devia ler este teu post, sem dúvida.

    ResponderEliminar
  9. Eu nam sou de intrigas mas a médica desaconselhou-me vivamente a corrida!! Ora bolas, logo na altura que eu andava a pensar a fazer trails para entrar na moda...

    ResponderEliminar