18.7.14

conceitos que os cafés desconhecem

Existem conceitos que alguns cafés, ou pelo menos os funcionários que neles trabalham, desconhecem. Um deles é o morno. Em muitos cafés, morno significa duas hipóteses: a escaldar ou frio. “Bom dia! Quero uma meia de leite de máquina morna, se faz favor”, é o que costumo pedir. Por norma, depois do pedido, os funcionários dizem que sim, mostrando que compreenderam tudo. Até que recebo a meia de leite que nunca vem morna. Ou está a escaldar ou está fria.

Outro conceito está relacionado com a manteiga. Sobretudo quando se pede uma sandes, por exemplo, com pouca manteiga. Tal como o morno, pouca manteiga é algo que não existe. Num menor número de casos, a manteiga é praticamente inexistente parecendo que foi colocada com um conta-gotas. Noutros, a sua grande maioria, a manteiga consegue ser ainda em maior quantidade (blocos/pedaços que dão para trincar) do que nos pedidos em que não se menciona o desejo de ter pouca manteiga. E estes são apenas dois exemplos.

18 comentários:

  1. Também sou vítima desse primeiro caso da meia de leite morna. Já tentei ir às manhãs do Goucha falar do tema, mas parece que ainda é tabu na sociedade, que ainda quer fechar os olhos a estas questões..

    Brincadeiras à parte...também me irrita ter de estar sempre a pedir novamente para aquecerem quando está fria. Prefiro que venha quente demais e eu espero - só que nem sempre há tempo para isso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem nas manhãs do Goucha te safas. Isto não tem solução :)

      Nem no Inverno gosto que esteja a escaldar.

      Eliminar
  2. Experimenta pedir um "café normal" em Angola: ou trazem uma chávena a transbordar, ou uma redução do tamanho de uma colher de sopa de café. Ah...e como colocam sempre 2 medidas de pó de café independentemente de ser para tirar 1 ou 2 bicas, tens sempre direito a uma bomba de cafeína enjoativa, tal é o concentrado da coisa.
    No meu caso o resultado foi drástico: deixei de beber café, por ter ficado absolutamente saturada (e até trouxe uma Nespresso de Portugal).
    Há conceitos que, a bem de todos, deviam ser medidos e tipificados mundialmente, sob pena de nos tirarem estes pequenos prazeres da vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é preciso ir tão longe. Mesmo cá, existem pedidos (simples) dos quais acabo por desistir porque parece que estou a pedir meio mundo.

      Eliminar
  3. Tens de começar a pedir assim, "Queria uma meia de leite, " Morna, quente, fria ou assim, assim",
    Pode ser que eles acertem.

    ResponderEliminar
  4. e o café curto?
    ora bem, quando peço café curto, quero um curto razoável, dentro do bom senso, o que geralmente me servem é uma chavena de café com uma quantidade tão mínima de café que não cobre sequer metade da parte redonda da colher!!

    ResponderEliminar
  5. Sempre achei estranha a mania de certas pessoas fazerem determinados pedidos num café (estabelecimento comercial). Vejamos: Um café é uma empresa com um determinado tipo de produto, devidamente tabelado. O cliente se gosta do produto consome, se não gosta, não consome. Mas existem pessoas que pensam que o estabelecimento comercial tem obrigação de fazer um serviço pessoal e individualizado para cada cliente, ao preço estabelecido para um serviço corrente. E depois vemos em hora de ponta pessoas a pedirem um café escaldado, um café em chavena fria, um mais baixo, um mais cheio "mas não até acima" como já vi. E eu a querer despachar-me, que tenho horas para entrar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo que existem pedidos menos normais. Mas não considero que pedir um café curto, cheio ou uma meia de leite morna sejam fora do normal. O funcionário perde o mesmo tempo, nos casos em que referi. Os serviços depende sempre do espaço e do tipo de clientes que pretende fidelizar. Uma coisa é um quiosque de cafés, outra é uma pastelaria xpto.

      Eliminar
  6. A história da minha vida: meias de leite normas são as que variam entre "queimaduras" ou desconsolos (porque meia de leite fria nunca é coisa agradável). Já desisti; não digo nada porque não adianta nada.
    Para quem está do outro lado também atura até vir o Pai Natal: há pessoas que gostam de personalizar tanto o pedido que não há pachorra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Num passado recente fui atendido por uma funcionária que prima pela falta de simpatia (existem várias, nunca sei a sorte que tenho). Pedi-lhe a meia de leite morna. Respondeu-me que pedia o mesmo todos os dias, que não era preciso repetir. Disse-lhe que sabia que pedia todos os dias mas que vinha sempre mal. Nem queria imaginar se nunca pedisse. Meteu a viola no saco e a partir daí não só deixou de fazer piadas como passou a dar-me as coisas como quero.

      Eliminar
  7. Ainda tenho mais uma para juntar: se pedires um galão, vem sempre acompanhado por dois pacotes de açúcar,,,nunca percebi porquê!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que existem sítios onde a meia de leite vem acompanhada apenas de um :)

      Eliminar
  8. Isto é tão verdade. Sobretudo concordo com a parte da "pouca manteiga", vem sempre com mais manteiga do que se não tivesses dito nada -.-'

    ResponderEliminar
  9. Tal e qual!
    Sabes o que faço? peço meia de máquina com leite natural e "... com pouca manteiga, é só mesmo limpar a faca" LOOOOOOOOOOL
    Haja alguém que me compreende :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos criar um grupo e abrimos um café como queremos :)

      Eliminar