POWr Multi Slider

20.6.14

ossos do ofício

Chegaram ao fim três dias de trabalho intenso, debaixo de um sol abrasador. Como resultado, porque estando focado no trabalho esqueço que me estou a queimar, tenho aquilo a que se chama um escaldão à camionista. Cara, braços (da manga curta para baixo) e pescoço a arder. A vantagem de ser moreno é que as pessoas acreditam que estou bronzeado quando na realidade pareço um vulcão em erupção. Como se isto não bastasse, hoje, durante o treino de crossfit, dei um jeito ao pescoço. E, como se isto não bastasse, o meu “personal trainer” quis correr depois do treino. Foram cerca de sete quilómetros a inventar caminhos no meio de arbustos. Que resultaram em diversos arranhões nas pernas. Tudo isto é aquilo a que se chama ossos do ofício sendo que "quem corre por gosto não cansa" é um ditado que se aplica bem aos últimos dias.

PS – Nunca me soube tão bem regressar à cadeira e à minha secretária depois de 32 horas de trabalho (em dois dias e meio).

PS2 – Se alguém tiver um banheira cheia de cubos de gelo avise-me que vou a correr.

8 comentários:

  1. :)))))))))) Vida difícil...

    Banheira não, mas basta vires a uma praia aqui do norte que não há nada mais refrescante.
    Quanto mais a norte, mais fresquinho!
    Estás à vontade para usar e abusar. :)))))))

    ResponderEliminar
  2. Bruno, eu nao tenho mas preparo já lol e ligo a hidromassagem para dar uma ajudinha na recuperaçao do teu bem estar :)
    beijinhos e bom fim de semana
    Gloria C.

    ResponderEliminar
  3. Eu que andei com emplastros nas costas toda a semana, só tenho uma palavra para ficares bom do pescoço MASSAGEM!!!!
    :))))

    ResponderEliminar