24.4.14

porquê agora?

Ao longo das últimas horas a pergunta que me fazem é: porquê revelar quem sou agora? É um facto que sempre pretendi preservar a minha privacidade, sobretudo por questões profissionais. Esse era e é o único motivo que me levou a adiar esta decisão. Por outro lado, quando percebi que o blogue estava a crescer e que uma das facetas desse crescimento era o convite para diversas acções, sabia que era uma questão de tempo até a minha imagem acabar aqui. Aliás, fui fotografado em diversas acções onde estive e em algumas dessas acções, as fotos acabaram no facebook de quem me convidava.

Num passado recente, fui convidado pela revista Cosmopolitan para participar na rubrica CosmoBloggers. Na altura, ponderei bastante se deveria ou não aceitar o convite que implicava revelar a minha imagem. Pedi conselhos a quem peço sempre (obrigado pelo apoio). Analisei detalhadamente os prós e os contras e entendi que era uma boa forma de revelar quem era. Muito melhor do que simplesmente colocar uma imagem aqui e dizer: este sou eu sem nenhum factor associado. Na altura, o convite acabou por não se tornar numa realidade.

Até que surgiu um novo convite. Para a edição de Maio (que chega hoje às bancas). E aqui não hesitei. Em primeiro lugar, porque se trata da edição do meu 33º aniversário. A isto junta-se aquilo que considero ser um crescimento do blogue. Existir uma imagem associada é um passo em frente. É um carimbo de autenticidade (para o bem ou para o mal, isso já depende dos olhos de quem vê). E também não nego que as pessoas que passam por cá foram determinantes nesta decisão. E, isto tudo misturado, levou-me ainda querer alterar o design do blogue. Resumindo, além da minha imagem estar aqui, quem estiver interessado poderá encontrar-me na Cosmopolitan deste mês.


Porquê esta fotografia?
Ao longo dos últimos dois anos vesti o fato da fotografia duas vezes. Para me encontrar com a Sophia Loren em Marselha (onde foi tirada esta foto) e em mais uma ocasião. Ou seja, não é o tipo de roupa que tenho por hábito utilizar. Mas tinha de escolher uma foto. E optei por escolher uma imagem captada por um excelente fotógrafo profissional e um grande amigo. Este é o único motivo da foto escolhida ter sido esta.

as novidades

No início de Abril tinha dito que seria um mês de novidades para o blogue. E hoje é o dia de falar delas. A primeira, e que se destaca no imediato, é a nova imagem. Confesso que esta imagem já tinha sido ponderada na última alteração. Na altura, optei por não fazer um corte tão radical em relação ao que vinha sendo o aspecto do blogue. Agora, entendi ser o momento certo para alterar para um visual que entendo ser mais sóbrio, simples e ao mesmo tempo mais moderno. Tinha dito que pretendia que esta mudança fosse feita por profissionais. Ainda não foi desta que o consegui e voltei a ser eu a fazer todas as alterações. Espero que gostem do resultado.

A outra mudança, e a mais importante, prende-se com o adeus ao anonimato. Passados dois anos, entendi ser a altura certa para associar uma imagem às palavras. Já existia um nome e, a partir de hoje, existe uma imagem. Foi a decisão mais complicada que tive de tomar desde a criação do blogue. Ponderei muito, hesitei algumas vezes mas acredito ter tomado a melhor opção tendo em conta a minha forma de estar na vida e também o rumo do blogue. Aceitar revelar quem sou partiu de um convite sobre o qual falarei daqui a pouco.

É certo que hoje é dia de novidades. Mas, nenhuma delas irá alterar a forma como sempre encarei o blogue. Irei continuar a escrever aquilo que quero. Irei manter-me fiel à minha forma de estar. O visual é novo. Passa a existir uma imagem associada ao blogue mas a essência é a mesma. E essa nunca irá mudar. Essa é uma alteração que nunca será anunciada aqui. 

23.4.14

até já (as luzes vão apagar-se)

Hoje (provavelmente ao final do dia) o blogue vai deixar de estar activo. Quem tentar aceder ao mesmo irá deparar-se com uma mensagem dando conta de que o acesso está limitado a leitores convidados. Não se trata de uma novidade. É apenas a forma mais simples de poder trabalhar nos bastidores do blogue sem que eventuais erros fiquem visíveis. Se tudo correr dentro do previsto, amanhã de manhã volta tudo ao normal. E com as novidades de que tinha falado.

Até já! As luzes vão apagar-se durante algumas horas. 

22.4.14

as mulheres nunca querem sobremesa mas…

Cenário: Um restaurante. Protagonistas: um qualquer casal. Momento: pedido da sobremesa. Nesta altura, os homens não escondem a gula. Olham para a montra das sobremesas ou perguntam ao empregado quais as opções. Enquanto se babam mentalmente, escolhem um doce do seu agrado. Por sua vez, elas dizem que não vão querer nada.

A sobremesa dele chega à mesa. “Queres provar?”, pergunta. “Só um bocadinho”, responde ela. E, de bocadinho em bocadinho, elas – que nada queriam – acabam por comer metade da sobremesa que eles escolheram. É certo que existe o inverso. Há mulheres que ficam a perder quando dividem a sobremesa com os homens que também dizem que nada querem. Mas, e posso estar errado, acho que são quase sempre elas que dizem não querer nada para sobremesa quando na realidade até queriam. 

21.4.14

casa (como quem diz blogue) em obras

O blogue está a ter movimento como nunca teve. Porém, essa movimentação (salvo uma ou outra excepção motivada por algum erro) só é visível nos bastidores do mesmo. É lá que tudo está a acontecer. É como se o blogue tivesse ido à oficina sendo que só havia um mecânico disponível para tudo: eu. Sendo também que não existe outra solução que não passe por ser o único a fazer tudo aquilo que pretendo. Se não sei, tento que o google ensine e não desisto enquanto não for bem sucedido no que ambiciono. E tudo o que se passa atrás da cortina está a roubar-me muito tempo por ser o único obreiro das movimentações que estão a ter lugar. Como tal, e durante os próximos dias (poucos), a maior parte da acção irá provavelmente ter lugar apenas nos bastidores do blogue. Depois, chegam as novidades de que tinha falado. Duas, para ser mais específico e caso não me esteja a enganar nas contas.  

as verdadeiras histórias da anita

Cresci com as histórias da Anita. A minha irmã, que é mais velha do que eu, tinha livros e livros da mítica e intemporal personagem feminina. Quando criei o blogue vim a conhecer outra Anita. Uma assistente de bordo portuguesa que partilha as suas aventuras à volta do mundo no facebook, na sua página Anita, The Flight Attendant.

Há algum tempo cheguei à fala com a mulher que deu origem aquela que considero ser uma das ideias mais criativas que a internet tem para oferecer. Palavra puxa palavra e surgiu a ideia do meu pequeno b. acompanhar a elegante Anita numa das suas viagens. Num destes dias essa ideia ganhou contornos de realidade e a minha mascote viajou até Moscovo. O resultado final é agora partilhado.












Já o disse pessoalmente, mas acho justo que o escreva aqui. Este projecto é um balão de oxigénio para quem gosta de algo diferente. Para quem procura um sorriso quando menos espera. Gosto de pessoas criativas e que não se incomodam com os olhares dos outros quando dão vida às suas criações, que neste caso passam por fotografar uma boneca nas mais variadas situações. Obrigado à Anita e à mentora desta ideia. E agora, tenho a certeza de que o b. não vai querer voltar para mim.

passatempo Disney (vencedores)

Após dois sorteios, com o auxílio do random.org, revelo os vencedores, que vão poder assistir à antestreia do filme “Marretas Procuram-se”, que tem o carimbo de qualidade da Disney, no dia 23 de Abril, pelas 19h30, nos cinemas do El Corte Inglés, em Lisboa.



Obrigado a todos pela participação e parabéns aos vencedores (ozmgl e Ana). Peço, a quem ganhou, que me envie um email com o nome e número de bilhete de identidade/cartão do cidadão, para que os vossos nomes sejam adicionados à guest list. Vemo-nos por lá. Obrigado e bom filme.