30.11.18

ho ho ho (já é oficial)

Este ano fico com a sensação de que já estamos no Natal há muito tempo pois fico com a sensação de que as pessoas estão a montar as árvores de Natal cada vez mais cedo. E até eu já fiz batota porque já dei início à minha tradição pessoal que passa por comprar diferentes pais natais de chocolate para oferecer à minha mulher. Mas para mim continua a ser amanhã (1) o dia que assinala a abertura oficial da quadra natalícia. É, por norma, o dia em que a casa fica decorada e em que damos início às festividades.

Confesso ser um adepto desta altura do ano, por tudo aquilo que representa para mim e para os meus. Mas também pelo ambiente que se encontra praticamente em todo o lado. As ruas ficam ainda mais bonitas e as pessoas, mesmo aquelas que por norma são pouco simpáticas, acabam por mostrar um lado mais carinhoso. E se for preciso o Natal para isso, já vale a pena. Esta é também uma altura de boas e más memórias para mim.

Lembro-me das cartas que escrevia ao Pai Natal e que deixava penduradas na árvore. Recordo-me de me ir deitar cedo e de acordar cheio de vontade de desembrulhar os presentes que estavam na árvore. É também uma altura em que me recordo de um momento mau, pois, há muitos anos, a casa dos meus pais foi assaltada na véspera de Natal, naquele que foi o mais triste que já vivi.

E orgulhosamente não faço parte do grupo de adultos que perde encanto em relação ao Natal. É certo que é muito diferente da altura em que era criança, mas isso não belisca minimamente o encanto desta altura do ano. Por isso, estou desejoso de montar a árvore, que conta sempre com algo novo em relação ao ano anterior. Venha de lá esse Natal.


6 comentários: