POWr Multi Slider

21.7.17

a puta da vida

Iniciei-me no jornalismo em setembro de 2006. No papel de estagiário. A meio do estágio assinei contrato, deixei de ser "o" estagiário para passar a lidar com muitos outros. Especialmente ao longo dos últimos anos.

Já trabalhei com muitos estagiários. De uns não me recordo do nome. De outros não me recordo da cara. Uns eram muito bons. Outros assim assim. Do grupo de estagiários que me marcaram destaco um. Porque está muito presente na minha memória.

O [não interessa o nome dele] é especial para mim. Desde o primeiro dia que me meti com ele. Era o responsável por que falasse tanto na redacção. Estava sempre a meter-me com ele. Quando soube que ia mudar, passou a "pedir-me" para meter uma cunha para si.

Algo que fiz. Não por gostar dele, mas por acreditar no seu trabalho e numa vontade quase rara de tanto trabalhar. Inseri-o no meu grupo de amigos e passou a almoçar connosco sempre que podia. "Sou estagiário, não posso ir todas as semanas", dizia-me. O grupo acolheu-o como um dos nossos e todos perguntavam por si quando não estava presente.

Parece que me acabo de cruzar com eles. "Disseram-me que vou fazer estágio profissional", disse-me. "Vou para perto de ti". Fiquei mesmo contente. Até que sei que tinha sido internado. Passou vários dias no hospital. Fiquei assustado mas descansado quando me disse que não era nada cancerígeno.

No hospital tinha uma preocupação. Que não perdesse a oportunidade de estagiar. Algo que não deveria ser uma preocupação. Fiquei feliz quando soube que tinha ido para casa. Acreditei que estava mais perto de regressar. Até que levo novo murro.

Novas notícias apontam para cancro no estômago e esôfago. Seguem-se seis meses de quimioterapia. E só me apetece dizer, gritar, puta da vida. Espero que fique bom depressa. E que rapidamente esteja perto de mim, para estar sempre a meter-me com ele.

2 comentários:

  1. A vida não é, de todo, justa... nem vale a pena pensar muito ou tentar encontrar uma lógica...
    As melhoras do "teu" estagiário, que tudo corra pelo melhor e que a recuperação seja rápida!

    ResponderEliminar