24.2.17

a polémica das mulheres sem cuecas

Uma discoteca de Barcelona decidiu levar a cabo uma campanha peculiar. Ao longo dos sábados deste mês as clientes “sem marido” que se deslocassem ao espaço recebiam bilhete de entrada, uma bebida e cem euros em dinheiro. Para isto só era necessário uma coisa: entrar na discoteca sem cuecas. E isto foi suficiente para que a polémica se instalasse.

Não sei como era feita a prova da ausência de roupa interior. Sei apenas que no espaço existia ainda strip masculino. Nem sei como é o funcionamento da discoteca. Mas multiplicaram-se os comentários a dizer que é uma campanha machista e obscena. Há também quem defenda que as mulheres não são mercadoria. E, muito sinceramente, não percebo esta polémica.

Se a campanha é absurda? Provavelmente! Mas nenhuma mulher é obrigada a aceitar a mesma. É uma escolha. Só recebem os cem euros as mulheres que aceitaram as regras do espaço. Aquelas que não quiserem, podem divertir-se noutro espaço de diversão nocturna. É por esta perspectiva que acho que a polémica é um pouco exagerada. É dar importância e fazer publicidade a um espaço que provavelmente poucas pessoas conhecem.

Ficava indignado se fosse uma medida obrigatória para todas as mulheres. “A partir de hoje todas as mulheres residentes em Barcelona são obrigadas a andar sem roupa interior. Quem não cumprir esta medida terá de pagar uma coima de cem euros”. Isto seria chocante. Isto merecia destaque em todo o mundo. Isto merecia todos os protestos.

De resto, é apenas mais uma discoteca. No meio de tantas outras com “jogos” e “desafios” dos quais só faz parte quem quer. Ninguém é obrigado a nada. É uma opção. Pegando na palavra mercadoria, nestes casos só é tratado desta forma quem quer. E isso leva a outra discussão que envolve valores morais e o preço a que os mesmos são comercializados.

4 comentários:

  1. ali no principe real também ha uns bares gays onde se entrares vestido pagas, se entrares nu, não. qual é a diferença?

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
  2. Totalmente de acordo. Agora fiquei curiosa em saber qual era a discoteca, sabes qual é? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o Bailódromo Caña Dulce, no centro da cidade :)

      Eliminar