5.7.16

mulheres portuguesas vs mulheres estrangeiras

Albufeira, a Rua da Oura e a vida nocturna algarvia dão origem a muitos textos. Passar algumas noites naquele local faz com que seja possível observar um vasto número de situações e comportamentos. Como por exemplo a postura das mulheres portuguesas e das mulheres estrangeiras. Que é completamente diferente, isto de uma forma geral pois cada caso é um caso.

Por exemplo, as mulheres estrangeiras entram num bar e dirigem-se para a pista de dança aos pulos, a dançar e a cantar. Não estão minimamente preocupadas com as pessoas que estão a ver nem com as figuras que possam estar a fazer. Querem é divertir-se. A mulher portuguesa é mais recatada. Entra no bar de forma mais discreta. Pede a sua bebida e fica a observar aquilo que se passa. Até pode acabar na pista de dança mas raramente com a mesma euforia das estrangeiras. E por norma até preferem dançar perto das amigas e de forma mais discreta.

As mulheres estrangeiras falam a quase todas as pessoas com quem se cruzam. Dizem olá ou algo mais. São sorridentes. E seguem o seu caminho. Mais uma vez, aqui as mulheres portuguesas também são mais recatadas. O sorriso é mais tímido e não é facilmente "oferecido" a desconhecidos que estão no mesmo bar. E isto tanto acontece no bar como até numa simples varanda de um quarto de hotel ou mesmo na rua.

Outra diferença está no momento em que são abordadas por alguém (algo bastante comum). Se uma mulher estrangeira estiver a dançar (ou não) e for abordada por um homem estrangeiro (ou português) raramente faz má cara. Mesmo que não tenha a mínima vontade de estar com aquela pessoa. Sorri, dança um pouco e depois afasta-se (caso assim o deseje) de forma discreta. A mulher portuguesa não deixa sequer que o homem se aproxime. E muito menos lhe mostra o sorriso.

Não sei se é apenas uma questão cultural. Podem falar do consumo de álcool mas a verdade é que vi isto acontecer com pessoas bastante alcoolizadas, com outras ligeiramente alegres e com pessoas completamente sóbrias. E vi isto em bares como vi nas ruas e noutros locais. E em grupos de despedidas de solteiro(a) como em grupos de amigos que estão de férias. Também não vou negar que existem diferenças entre homens portugueses e estrangeiros naquele local.

Por fim, este texto não tem por objectivo enaltecer as mulheres estrangeiras e criticar as mulheres portuguesas. Nem dizer que determinada mulher é melhor do que outra. Ou que é mais divertida. Serve apenas para mostrar as diferenças entre as diferentes mulheres. Algo que num local como aquele é bastante perceptível e que dá origem a muitas temáticas que podem ir da cultura ao consumo de álcool, passando por muitos outros assuntos.

14 comentários:

  1. No Estranjeiro vês exatamente o oposto.
    Vês as portuguesas altamente alcoolizadas e divertidas e as locais mais recatadas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que esse seja um dos motivos mas também acontece com as que não estão alcoolizadas.

      Eliminar
  2. educação, confiança e auto estima

    ResponderEliminar
  3. Eu acho que é mesmo pq as portuguesas....estão em Portugal ; )
    Qd se apanham em outro pais fazem praticamente o mesmo. É o fator: ninguém me conhece. Outros casos é mesmo cultural.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bem visto e acredito que para muitas pessoas seja assim ;)

      Eliminar
  4. A maior diferença é mesmo...uma está fora e outra não. Eu própria sou muito mais descontraída fora do país. Ninguém nos conhece, ninguém que nos possa julgar tem importância porque vamos embora dias depois...Além disso provavelmente nos outros países nem os julgam!
    Aqui em Portugal já se sabe a fama com que se fica, dizem que somos antipáticas e manientas, mas as que não são levam com uma etiqueta que todos sabemos o que diz.
    Quanto a isso tenho um trauma muito grande e nem sequer foi na "noite". Uma vez chegou uma pessoa à empresa onde trabalho e disse "aquela vaca trabalha aqui?"...Nunca soube quem foi porque não me quiseram dizer, mas é para se ver o tipo de comentários levianos e sem fundamento que se fazem, ainda para mais no local de trabalho! E eu era trabalhadora estudante, era só aulas e trabalho, o meu pai ainda para mais nunca me deixava sair, tinha namorado fixo com quem casei..Não faço ideia de quem veio o comentário e muito menos o motivo porque tenho a certeza que não o dei. Agora imagine-se se fosse vista descontraída na noite, nem que fosse no Algarve nas minhas férias!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito triste que existam pessoas assim. Pessoalmente, o tempo e a vida ensinaram-me que não merecem um segundo da minha atenção.

      Eliminar
    2. Uma pessoa, homem ou mulher?

      Eliminar
  5. Hum... Sim é verdade mas acho que se deve mais ao facto de estarem de férias num país onde ninguém as conhece que propriamente por serem mais desinibidas ou até simpáticas.
    Mas como tudo há casos e casos.
    ;)

    ResponderEliminar
  6. Concordo plenamente... sou portuguesa mas ja' vivi no Brasil e agora estou nos Estados Unidos, e e' tao verdade o que escreves! Nao por ver o que descreveste, mas por me sentir assim em alguns momentos e evitar tambem a aproximacao de outras pessoas que nao sejam do meu circulo. Acho mesmo que e' uma questao cultural muito presente no nosso pais. Mas acima de tudo, porque pensamos que as pessoas tem sempre segundas intensoes num simples ola'! :) espero que mude com o tempo... temos que aprender a sorrir mais! (desculpa pelo comentario sem acentuacao, mas teclados dos states nao ajudam :P )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que anda por aí. Podemos falar do álcool e de outras situações mas acho que é algo cultural porque se nota em quase tudo. Até num simples olá dado a um desconhecido.

      Eliminar
  7. "Ha e tal são assim porque estão fora do país delas eu quando saio do meu também sou mais relaxada" TRETA

    Mas vocês pensam que estão a enganar quem??? não tem a ver com o estar dentro ou estar fora ou dentro, tem a ver com facto de voces serem umas atrasadinhas mentais, um homem que não esteja no circulo social de uma mulher portuguesa ou não chegue até ela através de alguém desse circulo, só tem hipóteses se for uma celebridade.

    Eu não noto diferença absolutamente nenhuma no à vontade das alemãs, holandesas , ou das polacas quer sejam abordadas nos seus países quer seja no Bairro Alto.

    Ah e já que não acrescentaram eu faço obséquio, o vosso medo não serem julgadas peles homens o vosso medo é serem julgadas ou ferirem a susceptibilidade de alguma da amiga do grupinho.

    Não conheço mais país nenhum onde apareçam perfis no Tinder ou outras apps do género com descrições do tipo "Comprometida , só à procura de amizade" e algumas até com fotos do suposto. Voces tem noção da figura que fazem?? Se não estão à procura de relacionamentos para que é criam perfis em redes sociais com esse fim especifico???? para se exibirem?? " Coisas destas só por extrema estupidez ou extrema arrogançia. Enxerguem-se

    A vossa sorte é que a maioria dos homens portugueses também tem a mentalidade fechada e ignoram o mundo de oportunidades que esta fora das fronteiras.

    ResponderEliminar