24.6.16

paz à sua alma

Em tempos a minha mulher ofereceu-me um iPod shuffle. E este aparelho foi o meu parceiro de desporto ao longo de muitos anos. Foram quilómetros corridos a dois. Pesos levantados a dois. Até viagens feitas a dois. Praticamente andámos sempre juntos. Até que num destes dias quis voltar a correr ao som das duas músicas. Esteve um pouco à carga e ainda ouvi um pouco de uma música de Justin Timberlake. "Perfeito", pensei.

Tudo estava bem até ao momento em que saí de casa para iniciar a corrida. Voltei a ligar o iPod que não deu sinal de vida. Não havia Justin Timberlake nem outro artista qualquer. Os últimos dias foram passados a tentar reanimar o meu amigo que guarda horas e horas de música. Que não tenho como recuperar porque em tempos foi o computador que avariou e perdi a minha lista de músicas. Depois de muitas tentativas achei que hoje era hora de deixar o meu amigo partir. Até porque não consigo fazer mais nada. E chegou o momento de dar a triste notícia à minha mulher.

Eu - "Acho que o iPod morreu de vez", disse, com tristeza.

Ela - "Já tem muito tempo", referiu, para me animar.

Eu - "Estou a colocar 27 músicas no iPhone para ir correr", acrescentei. (Não gosto de correr sem música).

Eu - "Morreu ao som do Timberkale", disse.

Eu - "Se o iPod for uma ela aposto que morreu feliz", acrescentei.

Ela riu-se. Adeus iPod. Paz à sua alma.

4 comentários:

  1. Vale pelos bons momentos que ficam em memória ;)

    ResponderEliminar
  2. q chato..tb corro com música..não o timbberlake, tb não o tony carreira..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto de músicas que não me deixem dormir ;)

      Eliminar