31.3.16

o que é bom acaba depressa

Gosto de recorrer à sabedoria popular em diversas ocasiões pelo simples facto de que representa na perfeição muitos cenários das nossas vidas. A frase popular "o que é bom acaba depressa" é capaz de ser um dos melhores exemplos do que tento explicar.

Entre férias não gozadas do ano passado e folgas estou há cinco semanas sem trabalhar. E a sensação é a de que abandonei o local de trabalho há coisa de cinco minutos. Parece que ainda ontem estava na redacção.

Tenho aproveitado para fazer muitas coisas que passam por planos familiares, com amigos e nas últimas duas semanas por umas reconfortantes férias a dois com a minha mulher. Tenho aproveitado o sol até para o primeiro mergulho do ano e tenho aproveitado os dias menos bons para passeios e conhecer novos locais.

Como aquilo que tenho feito sabe tão bem acabo por sentir que o tempo voa. Existem momentos em que se deseja que os ponteiros do relógio pareçam um bólide da fórmula 1 e eles parecem uma Ape 50. Nesta altura gostavam que se movessem como um caracol e parecem um avião.

Por isso, e como diz a sabedoria popular, o que é bom acaba depressa. Resta aproveitar cada segundo daqueles que são os melhores momentos das nossas vidas e que são aqueles que passam sempre "a voar".

Enviado do meu iPhone

4 comentários:

  1. Que o restinho das férias seja tão bom como foram os dias anteriores.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. O que interessa é que tudo foi aproveitado ao máximo =) Bom regresso ao trabalho!

    ResponderEliminar