10.3.16

a senhora fechou bem as pernas? e os órgãos femininos?

Poucas coisas devem ser mais humilhantes do que uma violação, sobretudo quando a mesma tem de ser revivida numa sala de tribunal. Gabo a coragem às pessoas que têm a força necessária, e acredito que é mesmo necessária muita força, para estar a reviver um episódio que nunca será esquecido perante um grupo de pessoas que tanto podem acreditar naquilo que a vítima diz como podem achar que tudo não passa de uma enorme mentira.

Uma mulher espanhola que foi violada foi a tribunal. Neste momento essa mesma mulher está grávida de cinco meses sendo que a gravidez teve origem na violação. Em tribunal, a mulher violada foi questionada pela magistrada Maria Del Carmen Molina e ouviu perguntas como: "fechou bem as pernas?" e "fechou bem os seus órgãos femininos?" A vítima, que já tinha feito diversas queixas de abusos sexuais e psicológicos do seu companheiro, considerou que as perguntas foram humilhantes e o caso está a causar muita polémica em Espanha com muitos a defenderem que se trata de perguntas humilhantes, ofensivas e degradantes.

Acho que este caso levanta diversas questões. A primeira é que a juíza não acredita naquela mulher. E por não acreditar seguiu este rumo nas perguntas sendo que não deu oportunidade à vítima de responder às mesmas. Os mais cépticos podem seguir a mesma linha de raciocínio desta juíza. "Mas é violada diversas vezes pelo companheiro?" ou "se é companheiro estaria mesmo a violá-la?" ou ainda partir para outras questões. Estas dúvidas podem ser normais. Sendo que é também notícia que este comportamento é frequente nesta juíza.

O papel da juíza será o de perceber se existiu ou não violação. E aqui entram também as autoridades pois acredito que as queixas feitas pela mulher devem ter dado origem a perícias que comprovam aquilo de que se queixa, ou seja, a violação. Não sendo especialista no assunto acredito que qualquer queixa de violação desencadeie diversos processos que "facilmente" comprovam se o sexo foi ou não consentido. Aquilo que não percebo é o motivo de uma pergunta, e vou ficar-me por esta, como "fechou bem os seus órgãos femininos?" O que é isto de fechar os órgãos femininos? "Desculpa mas não me vais conseguir violar que a esta hora a vagina está fechada" ou será que a juíza estava a referir-se ao uso de um cinto de castidade? Acho que isto é completamente absurdo.

Por outro lado, este caso recupera um assunto polémico que é a forma como ainda se olha para a violação de uma mulher. E é polémico porque a maioria das pessoas ainda acredita que as mulheres têm culpa nas violações. Quer seja pelas roupas curtas, pela postura, pelas atitudes ou por outro movido qualquer. Encontrei a notícia sobre este caso numa edição online de uma publicação internacional. No final da notícia questiona-se o leitor sobre se as mulheres ainda são culpadas pelas violações. Este é o resultado...

14 comentários:

  1. Que raio. Não percebo onde é que essa gente se esqueceu do bom senso e do respeito pelo próximo. Que animal.

    Jiji

    ResponderEliminar

  2. Gostaria que visses estes vídeos que têm a ver com o consentimento sexual. "Quando um não é um sim, é não".
    Chamo a atenção que no caso destes vídeos, é o ele que aborda ela. Mas o consentimento sexual,também existe no outro lado, sabes disso.
    Os comentários feitos na página dos vídeos são bastante polémicos de ambas as partes.
    Acho que és a pessoa indicada para fazer um bom post sobre o assunto.

    https://www.youtube.com/channel/UC9-6eeu-YhbakrhGAjNRchA


    Espero que gostes.


    ResponderEliminar
  3. Não entrando no assunto propriamente, mas referindo apenas o final: a pergunta parece-me ser ligeiramente diferente do que a forma como a traduziste. Para mim, a pergunta não é se as mulheres ainda são culpadas pelas violações, mas sim se as mulheres ainda são culpabilizadas pelas violações. O que perguntaste seria talvez a tradução de "Are women largely still to blame for being victims of rape?"

    Ou seja, por exemplo, eu leio o teu post e concluo que as mulheres ainda são culpabilizadas pelas violações, mas não considero as mulheres culpadas pelas violações! Os leitores podem ter respondido na mesma perspetiva do que eu. (Não sei se me expliquei bem.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, explicaste-te bem e era isso que queria dizer ;)

      Eliminar
  4. Infelizmente, as mulheres são muitas vezes culpabilizadas. É uma coisa que me revolta imenso e cada vez que oiço notícias dessas metem-me nojo, dá-me uma raiva! Então a sra juíza com esses comentários e perguntas... como é possível? Se já é ultrajante num homem, que dizer ouvir isso de outra mulher? Incompreensível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O papel dela é apurar a verdade mas existem coisas que não podem ser ditas.

      Eliminar
  5. Pura hipocrisia. Se for a irmã ou a mãe o caso muda logo de figura. Tristeza.

    ResponderEliminar
  6. Imagino como terá ficado a vítima depois dessas questões que não têm nexo.

    ResponderEliminar