POWr Multi Slider

17.2.16

tenho uma semelhança com kim kardashian

Acabo de descobrir que tenho uma semelhança com aquela que provavelmente será a socialite mais famosa do mundo. Que saiba não existe nenhum laço familiar entre nós. Infelizmente, aquilo que temos em comum também não são os rendimentos e contas bancárias chorudas. Nada disso! Aquilo que me une a Kim Kardashian é muito mais simples do que isso. Aliás, aquilo que me cola (ou prende) a Kim Kardashian é bastante simples. Nada mais do que um simples rolo de fita.


Tal como Kim Kardashian, também sou adepto de fita. Olhando para imagem quase que poderia dizer que até usamos a mesma marca. E não sendo a mesma marca, as medidas da fita são, quase de certeza, as mesmas. Mas na nossa semelhança existe uma diferença. É que ao contrário de Kim Kardashian não utilizo a fita nas mamas. Não recorro à fita para que possa usar decotes generosos sem correr o risco de me expor em demasia. Para mim a fita tem outra utilidade.

O truque revelado por Kim Kardashian é muito comum entre as mulheres. E a utilidade que dou aquela fita é muito comum entre os homens. Especialmente entre os que jogam futebol. Em jogos oficiais o uso de caneleiras é obrigatório. É um acessório que tem de lá estar, mesmo que o jogador não goste. Existem modelos grandes, pequenos e até feitos à medida. Há para todos os gostos. Eu gosto das pequenas mas também já usei das grandes quando era mais novo. Algo que nunca fiz foi recorrer aos elásticos das caneleiras. Não gosto do excessivo aperto na zona dos gémeos.

Como tal e para evitar que as caneleiras fossem descendo pela perna – algo bastante desconfortável quando se joga futebol – recorro à fita que aplico nos tornozelos, por cima das meias e das caneleiras. Se no caso de Kim são as mamas que ficam onde ela quer, no meu caso são as caneleiras que também ficam onde quero, protegendo as pernas ao mesmo tempo que não atrapalham nem saem do lugar. Duas pessoas, um rolo de fita, semelhanças e diferenças. Assim vai a minha e também a de Kim Kardashian.

Sem comentários:

Enviar um comentário