4.12.15

estás a pensar beber café para acordar? (esquece lá isso ou olha para o relógio)

O relógio assinala as 9h23. Hora em que este texto foi publicado. E também a altura do dia em que muitas pessoas estão desejosas do seu primeiro café. “preciso de um café para acordar”, é uma frase que muitas pessoas já disseram e que quase todos já ouviram da boca de alguém. Aliás, quantas pessoas é que não partilham, manhã cedo, uma mensagem semelhante nas redes sociais. Isto para dizer que se criou a ideia de que é necessário um café para começar bem o dia. E também para acordar. Mas será mesmo assim?

Será que beber um café (ou uma bebida com cafeína) manhã cedo ajuda a que as pessoas se mantenham acordadas? Depende... Os humanos estão munidos de um relógio biológico que regula os diferentes processos que ocorrem no corpo, tal como a quantidade de sono que as pessoas têm durante o dia. E é este relógio que regula a libertação de cortisol, hormona que está associada ao estado de alerta das pessoas ao longo do dia.

Ou seja, o corpo tem um mecanismo automático que acorda as pessoas. E os investigadores descobriram que beber café em simultâneo com este despertador interno – temos picos de cortisol entre as 8 e as 9h – acaba por diminuir o efeito da cafeína acabando por, com o passar dos tempos, criar resistência à cafeína. E o mesmo se aplica aos horários entre as 12h e 13h e também entre as 17h30 e as 18h30. Para quem acorda muito antes desta hora, os cientistas explicam ainda que os níveis de cortisol aumentam em 50% quando as pessoas acordam, independentemente da hora, e aconselham que as pessoas esperem uma hora depois de acordar para beber café, para que o mesmo tenha o efeito desejado.

Não sou viciado em café. Bebo, em média, dois por dia. Curiosamente não bebo nenhum que quebre estas regras. Acordo às 6h20. Começo a treinar às 7h00. Tomo o pequeno-almoço por volta das 8h30, altura em que bebo o café. Como “nunca” almoço antes das 13h, acabo por não beber café entre as 12h e as 13h. Também, em condições normais, não bebo café entre as 17h30 e as 18h30. Quanto muito bebo depois do jantar. Por isso estou fora do grupo de pessoas que quebram estas regras. E isto impede que opine sobre a veracidade destas descobertas científicas.

6 comentários:

  1. Nunca percebi essa do café, é algo que não bebo nem gosto do cheiro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim consegue tirar-me o sono em determinadas ocasiões.

      Eliminar
  2. Fiquei com uma curiosidade sobre a rotina que descreves: uma vez que treinas antes do pequeno-almoço isso quer dizer que treinas em jejum? Também gostava de treinar de manhã mas para ter tempo de acordar, comer qualquer coisa e esperar uma meia hora antes de ir treinar para não ficar mal disposta teria que me levantar mesmo muito cedo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antigamente treinava em jejum. Quando fui acompanhado por uma nutricionista comecei a comer três bolachas de água e sal antes do treino. Nunca gostei de comer muito antes de treinar e saio de casa cerca de 20/25 minutos antes de começar a treinar. As bolachas chegam para mim.

      Eliminar
  3. Eu confesso que vivo muito bem sem café, passam-se dias e dias em que nem bebo, confesso que não ligo muito nem sinto falta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Houve uma altura em que deixei de beber. E não senti falta nenhuma dele.

      Eliminar