POWr Multi Slider

17.11.15

vou casar! ou é apenas uma rede social? e gostei? ou adorei?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam a simplicidade consegue ser muito mais valiosa do que o exagero. Nem sempre. Mas quase sempre. E assim deveria ser numa qualquer rede social. As redes sociais querem-se rápidas. Até porque, em condições normais, uma pessoa não dedica mais do que uns breves segundos ou minutos a uma publicação, por exemplo, no Facebook. E sendo uma coisa rápida basta perfeitamente ter o botão gosto (quanto muito e para determinadas ocasiões o não gosto). Se gosto e se acho pertinente, comento. Se não gosto mas acho pertinente, comento. Ou, independentemente de tudo, não comento e continuo a ver as publicações das pessoas que sigo.

Gosto das redes sociais que são simples. Acho que a simplicidade é fundamental numa rede social. Por exemplo, e ainda no Facebook, fazer gosto passou a ser uma decisão com diversas condicionantes pois o botão gosto tem uma extensão. Ou seja, agoro posso escolher adoro, riso, alegria, surpresa, tristeza e ira na referida extensão do botão gosto. Gostar não chega? Não gostar não chega?

Agora, além de gostar passa a ser quase obrigatório explicar mais do que simplesmente ter clicado no gosto. Gostei ou adorei? Fiquei a rir? Encheu-me de alegria? Motivou surpresa? Ou será que fiquei triste? Ou mesmo irado? E estas dúvidas vão surgir nos supostos breves segundos que deveria ocupar uma publicação numa rede social. Depois existem os amigos, os autores da publicações. “Mas só gostaste? Ainda não viste que o gosto agora tem seis extensões? Porque não escolheste outra opção? És mesmo meu amigo? O(a) não sei quantos(as) adorou enquanto tu apenas gostaste...”, vai ouvir-se por aí.

E tudo isto misturado faz da simples reacção a uma publicação numa rede social uma das decisões mais importantes da vida de uma pessoa. Parece uma noiva ou um noivo a tratar dos detalhes para aquele que deverá ser um dos dias mais importantes das suas vidas. Escolho este vestido? Ou aquele? E os sapatos? E o penteado? E a maquilhagem? Onde sentamos os convidados? O que escolhemos para comer? Onde mandamos fazer o bolo de casamento? Qual a quinta que escolhemos? Tudo questões que deixam os noivos a ponderar na melhor opção para um dia especial.

Mas a verdade é que é apenas e só uma publicação numa rede social. Não mais do que isso. E deveria bastar gostar, não gostar, comentar ou passar à frente. Não dá apenas para gostar?

6 comentários: