POWr Multi Slider

25.10.15

o machismo dos nomes femininos atribuídos aos furacões

Existem as mais diversas teorias em torno da forma como não nomeados os furacões. Umas com mais lógica. Outras mais estapafúrdias e até muitos palpites que se vendem com certezas absolutas mesmo não o sendo. Partindo do princípio, qual será o motivo pelo qual os furacões têm nomes? Pelo simples motivo de que o nome faz com que as pessoas se recordem das tempestades, comuniquem melhor sobre as mesmas e o mais importante, acabam por se manter seguras, tomando mais precauções, no momento em que a tempestade as atinge.

E porque será que os furacões têm todos nomes de mulheres? Acreditar nisto é acreditar numa mentira. Os furacões e as tempestades são nomeados com base numa lista de nomes aprovada num momento anterior ao início da época das tempestades e furacões, uma prática que existe desde 1950. A lista segue uma ordem alfabética e contém nomes femininos e nomes masculinos. Ou seja, na realidade existem 50% de furacões com nomes de mulheres enquanto a outra metade tem nomes masculinos. Por isso, teorias à parte, esta é a explicação para os nomes.

À parte de tudo isto existe um dado bastante curioso que algumas pessoas transportam para o machismo. Como referi, metade dos furacões têm nomes de mulheres enquanto a outra metade tem nomes de homens. Nomes esses que seguem uma ordem aleatória e alfabética independentemente da gravidade do furacão. Mas a verdade é que os furacões com nomes de mulheres podem matar três vezes mais pessoas do que os furacões com nomes de homens. Isto quer dizer que são mais fortes? Não! Matam mais pessoas porque as pessoas os subestimam. As pessoas tendem a acreditar que furacões com nome de mulher são mais fracos e não exigem tantos cuidados. Como tal, desleixam-se porque acreditam que um furacão com nome de Cindy, por exemplo, será suave e nada perigoso ao contrário do que seria de esperar caso tivesse um nome masculino.

Por fim, e brincando um pouco com o tema, mal daquele que subestima uma mulher furacão ou uma mulher em fúria. Como diria Arnold Schwarzenegger no filme O Último Grande Herói... "big mistake".

6 comentários:

  1. Bem observado! Nunca tinha pensado sobre os nomes dos furacões!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há quem brinque dizendo que têm sempre nomes de mulheres mas isso é falso.

      Eliminar
  2. Mas por acaso houve-se pouco falar dos que têm nomes de homem. Este ano houve o furacão Frederico em Cabo Verde (se não estou em erro) e depois disseram que Portugal ia ser atingido pelo furacão Joaquim, mas não se fez sentir...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca se sabe quais os nomes que vão ter mais impacto. Por exemplo, temia-se o pior para o "Patrícia" no México e felizmente não foi tão mau como esperado.

      Eliminar
    2. É como que aos filhos... Da-se o nome antes de saber como são ;)

      Eliminar