POWr Multi Slider

7.10.15

extremo mau gosto

Os dramas de uns acabam sempre por ser o bem de outros. E a temática dos refugiados não foge a esta regra. Há quem leve o tema mais a peito. Outros olham para ele com indiferença. Existem os que se marimbam para isso. E até quem goze com o sofrimento de milhares de pessoas e ofenda quem decide ajudar. Existem ainda pessoas que tentam ganhar algo com o mediatismo da situação. Ou que escolhem abordagens de que poucos gostam.

Norbert Baksa é uma das pessoas que escolheu uma abordagem diferente e que não está a ser bem aceite pelas pessoas. Este fotógrafo húngaro decidiu realizar uma sessão fotográfica de moda na fronteira que liga Hungria e Croácia, um local que tem sido notícia por outros motivos que não a moda. A sessão tem o nome de "Der Migrant" e as manequins fingem ser refugiadas mas com direito a objectos de luxo.






As fotos são aquilo que são. E a leitura depende de cada pessoa. Mas esta sessão fotográfica está a gerar uma onda de indignação em todo o mundo. Existem comparações ao filme Zoolander mas em mau e sendo realidade e não ficção. De forma geral as pessoas revelam-se chocadas com a falta de respeito em relação ao sofrimento de milhares de refugiados que sonham com uma vida melhor. Há quem fale mesmo em insulto. Quanto ao autor da ideia, Baksa diz que não passa de mais uma abordagem à complexidade da situação. Quanto a mim, simplesmente extremo mau gosto.

8 comentários:

  1. É uma abordagem... Mas faz lembrar a ilustração que colocaste do menino afogado junto ao cartaz do mcdonalds...
    Não gosto nem concordo... É mesmo de mau gosto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não gosto. E não consigo encontrar nenhuma associação que me faça pensar de outra forma.

      Eliminar
  2. As fotos sem boas, têm qualidade, sem dúvida, mas de facto deveria ter escolhido outro cenário e outra temática.

    ResponderEliminar
  3. Uma atrasadice de todo o tamanho. Eu até costumo ser bastante liberal nestas coisas, e acho que se pode brincar com muita coisa, mas isto é simplesmente querer ser falado por maus motivos.

    Dá nojo até.

    Para além do mais ainda os 'migrantes' a vestir marcas de precos ridículos.

    Quando não gosto tento respeitar, mas neste caso o respeito fica em casa

    ResponderEliminar