10.9.15

vamos lá falar mal da filha do mourinho

Ao longo das últimas horas tenho ouvido e lido muitas coisas negativas em relação à filha mais velha de José Mourinho. Tudo por causa do generoso decote que Matilde, de 18 anos, decidiu utilizar num evento da GQ onde esteve ao lado do pai. Algumas pessoas “atacam” Matilde porque decidiu ousar ao lado do pai. Estas pessoas defendem que vestidos destes não combinam com a presença do pai. Outras pessoas parecem pensar que Matilde ainda tem doze anos quando já tem dezoito.


Pode discutir-se o vestido. Se fica bem exibir muito das pernas quando o decote é generoso. Também se pode discutir se o vestido é ou não adequado para o evento. E neste tipo de festa não é descabido utilizar uma criação destas. De resto, pouco mais há a discutir. Trata-se de uma adolescente quase mulher que decidiu ousar ao lado do pai, provavelmente com o consentimento do pai. E enalteço esta atitude. Não faço parte do grupo de pessoas que condena Matilde porque decidiu vestir-se assim ao lado do pai.

Prefiro mil vezes uma filha que se veste assim (com esta idade), sem medo, ao lado do pai do que aquelas que os pais deixam à porta das discotecas tapadas dos pés à cabeça. Filhas que assim que se apanham sem os pais dentro da discoteca vão a correr para o wc saindo de lá apenas, e com algum exagero, de cuecas e soutien. Filhas que voltam a entrar no wc para mudar de roupa no momento de sair da discoteca para ir ter com os pais e regressar a casa. E por já ter visto dezenas de casos destes é que não condeno a postura de Matilde Mourinho.

PS - Gostava de saber qual seria a reacção, das pessoas que atacam Matilde, caso a notícia fosse "Mourinho impede que filha use vestido em evento da GQ". Quase que aposto que essas pessoas estariam a atacar o treinador e a sua mentalidade.

22 comentários:

  1. Que engraçado quando a vi pensei que o argumento que ela usou para convencer o pai foi mesmo esse, divulgar que o pai a proibiu de usar o vestido que ela queria e no dia seguinte em todo o lado se ler "Mourinho impede que filha use vestido em evento da GQ".
    O que para mim seria perfeitamente aceitável e até recomendável que alguém divulgasse que os pais têm o direito de interferir na indumentária dos filhos.
    Não acho que vestido faça nada por ela, não a favorece, torna-a mais velha e dá-lhe um ar vulgar, com 18 anos haveriam coisas bem mais giras e elegantes para se levarem a uma gala. Por mais caro que tenha sido o vestido, cerca de 3000€, não lhe fica bem, é bonito mas não a favorece.
    Com 18 anos é normal querer ser-se alvo de atenção nem que seja pelos piores motivos, podia ao menos ter usado algo que mantivesse o decote no sítio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou da opinião de que muitas pernas pedem um decote tímido e um decote generoso pede umas pernas tímidas. De resto, nada tenho a apontar.

      Eliminar
    2. É recomendável que os pais interfiram na indumentária dos filhos maiores de idade? A sério? Eu cá acho que não.
      Eu acho o contrário, acho que o vestido a faz muito, muito bonita, vê-se que ela tem um corpo espectacular e se lhe dá um aspeto mais velho ou não é capaz, parece ter uns 20 anos. Não acho que isso seja mau. Portanto sobre a roupa há sempre opiniões diferentes e isso é normal. Agora acho muito mau que se ande a comentar o corpo da filha ou a reação do pai ao vestido dela, porque não devia haver reação. É um vestido.

      Eliminar
    3. Eu acho que podem opinar mas não interferir. Aliás, se a notícia fosse essa todas as pessoas atacavam o Mourinho porque era antiquado. Mantenho a minha opinião (e é um gosto pessoal) de que muitas pernas não necessitam de um grande decote e vice-versa. De resto, e tendo em conta o evento que é, é realmente apenas um vestido.

      Eliminar
  2. Preso por ter cão e preso por não ter ;)

    ResponderEliminar
  3. Pior é ler comentários de mulheres crescidas a comentar o corpo da miúda. Que tem o peito descaído, que não tem pescoço... Enfim, muito triste mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente é o que acontece sempre.

      Eliminar
    2. Mas ai de quem fizer o mesmo às suas bloggers preferidas...

      Eliminar
    3. Para responder de forma mais elaborada a este comentário (anónimo(a) 18h10) tinha de perceber o alcance do mesmo. Coisa que não percebo. Mas como as duas últimas palavras são "bloggers preferidas" posso dizer, sobre isso, que tenho apenas uma - o que é diferente da quantidade que leio - que por acaso tem o blogue privado e que por acaso não fala sobre vestidos.

      Eliminar
    4. Li em meia dúzia de sítios chamarem de tudo à miúda. Se pescoço, mamalhuda, cara disto, focinho daquilo. Depois, os respectivos adjectivos morais: veste-se como uma p*t*, e derivados.

      Agora, se determinadas bloggers (sem ser ninguém em particular) publicam fotos, e os seus visuais forem criticados nos mesmos termos... É porque é inveja, é porque cada um se deve meter na sua vida.

      Eliminar
    5. Sobre isso não posso falar. Não aconteceu aqui pois não houve nenhum comentário em que a jovem fosse vista dessa forma. E confesso que sobre este tema não li mais do que notícias e desabafos de pessoas (em voz) e no facebook onde me deparei com algo semelhante ao que referes e que me foi mostrado por um amigo com uma legenda pouco simpática.

      De resto, é um assunto que não me diz respeito. O que se passa na minha "casa" é um problema meu, o que se passa na casa dos "outros" é problemas dos outros. E, por fim, defendo - seja em que tema for - críticas com pés e cabeça. E não apenas palavras que quando colocadas numa frase pouco ou nada dizem a não ser dar a conhecer um pouco mais sobre quem as proferiu. Criticar sim, ofender gratuitamente e sem motivos não. Mas isto sou eu. Não têm de ser todos assim.

      Eliminar
  4. Mais vale ousar com os pais ao lado do que sem o conhecimento deles como dizes. A ousar também é neste tipo de galas em que dá para tudo. Só não sou adepta deste tipo de vestidos...lá está não era preciso aquele decote sendo tão curto, ou vice versa. Mas gosto são gostos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que se o decote é grande, esconde as pernas ou vice-versa.

      Eliminar
  5. Pois eu não a critico. Se se sente bem com o vestido, tem mais é que o usar. 18 anos, já não é uma criança, está ao lado pai que, importando-se ou não com o facto de ser um decote gigante, posou ao lado dela.

    Eu, provavelmente, não usaria o mesmo tipo de vestido, porque não me sentiria confortavel, mas graças a deus não somos todos iguais!

    (só acho que é uma pena que este tipo de decote evidencie a assimetria mamária)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que ela não fica mal no vestido. Talvez não fosse a minha escolha mas não vou entrar pela crítica de que não se deve vestir assim ao pé do pai.

      Eliminar
  6. A minha crítica vai só e apenas só para o vestido em si mas acho que não a favorece em nada. Além de que, se ela levasse o cabelo solto, teria ficado melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu só acho que muitas pernas não necessitam de decote exagerado. Mas cada vez mais se encontra tudo exposto. E o mistério acaba por se perder.

      Eliminar
  7. É a filha do Mourinho e isso,por si só, já é suficiente para falarem. Eu não acho que o vestido a favoreça. Mas gostos são gostos. Se ela gosta é o que importa. O pai pode e deve dar opnião. Qual foi? Não sei. Sim,porque se um pai é para toda a vida,a filha também.
    Mata Hari

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gostava que a notícia fosse que o Mourinho tinha impedido a filha de usar isto ou aquilo. Era o fim do mundo em cuecas a atacar o homem.

      Eliminar
  8. Este é mais um exemplo, do tipo de "notícias" que não me ocupam tempo, é que não ligo mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas a reacção às mesmas dava para diversos estudos.

      Eliminar