22.9.15

podemos voltar para trás? e abrir a janela?

Acredito que todas as pessoas em determinado momento da sua vida já colocaram alguma questão que breves segundos depois perceberam não fazer qualquer sentido e ser completamente disparatada. E quem diz fazer uma pergunta diz também dizer algo que acaba por ser um tiro ao lado. A diferença é que todos nós dizemos algo disparatado mas nem todos nós ouvimos algo disparatado com frequência. Acredito que essa tarefa está reservada para algumas profissões onde o contacto com o cliente é bastante próximo. Como é o caso das hospedeiras e comissários de bordo.

O jornal Independent publicou as perguntas mais absurdas que já foram feitas às hospedeiras e comissários de bordo da Jet2, uma companhia aérea britânica. E algumas delas são verdadeiros momentos de humor. A saber:

“Esqueci-me de uma coisa, podemos voltar para trás?”

“Como é que se abre a janela?”

“O piloto disse que vamos aterrar antes da hora prevista. É a hora de Espanha ou de Inglaterra?”

“O que leva a sandes de queijo e fiambre?”

“Sabe dizer-me o resultado do jogo de críquete?”

Como referi, acredito que todos nós já fizemos uma pergunta que podia estar no mesmo grupo destas. E como disse um funcionário da companhia aérea, independentemente de tentar manter o profissionalismo, o melhor é quando percebem que podem fazer uma piada com o passageiro que se apercebeu de que disse algo sem sentido. É a velha máxima de que rir é o melhor remédio.

6 comentários:

  1. opa todos temos os nossos momentos de dizer coisas sem sentido..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que sim. Mas nem todos ouvimos com frequência ;)

      Eliminar
  2. Hehehe muito bom!!! Acontece a todos,alguma vez. Até a mim...lol
    Certa altura da vida fazia viagens frequentes de combóio entre Lisboa-Sta. Apolónia e Porto-Campanhã. Numa viagem,algum tempo depois de sairmos de Lisboa, pergunto ao cobrador qual era a hora prevista de chegada a Sta. Apolónia..... hehe o senhor ficou a olhar para mim com um ar....engraçado. ; )

    ResponderEliminar
  3. Ahahahah, há aí delas mesmo muito boas.

    ResponderEliminar