21.9.15

o sexo tem hora marcada?

António Raminhos tem um livro cujo título é bastante divertido. “O amor não tem hora marcada... excepto nos classificados”, é o título da obra. Não pretendo falar de amor mas de sexo. E também de horas “marcadas”. Para começar vou lançar um cenário hipotético. Um homem/mulher chega a casa e depara-se com a/o sua/seu mulher/homem já a dormir. Aquele/aquela homem/mulher, assim que vê a sua/seu parceira/parceiro deitada/deitado na cama é consumido/consumida pelo ardente desejo de ter relações sexuais. É algo incontrolável.

Perante este cenário hipotético, qual a solução? A pessoa que sente o desejo – sem hora marcada – deve controlar o mesmo e esperar que desapareça? Ou essa pessoa deve dar início a uma missão que passa por acordar quem dorme na esperança de que o desejo de uma pessoa passe a ser o desejo de duas pessoas? Ou seja, o sem tem ou não hora marcada?

14 comentários:

  1. Não tem hora marcada... Se dá vontade há que fazer com que a vontade de um seja de dois... Nem sempre é possível ou nem sempre a resposta é favorável... Mas nada como tentar a sorte hehehehe

    ResponderEliminar
  2. Pipocante Irrelevante Delirante21 de setembro de 2015 às 16:21

    Convém esperar...
    É a diferença entre os humanos e os cães.
    Os segundos cedem às suas necessidades. Todas.
    Preço de vivermos em sociedade, com normas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não consigo comparar um exemplo de um casal com os cães que fazem em todo o lado e com todos. O cenário que coloquei é de um casal na sua casa. Por isso não consigo encontrar comparações nos cães e nas normas da sociedade.

      Eliminar
  3. Para mim não tem hora marcada, deve ser espontâneo.

    ResponderEliminar
  4. Sem hora marcada claro.
    Há que tentar fazer com que o parceiro/a ganhem a vontade.
    A parte gira está mesmo em conquistar o outro,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto desse modo de pensar e da ideia em torno da conquista.

      Eliminar
  5. Convém que seja sem hora marcada e quando apetece. Mas acho que muitos casais com filhos pequenos provavelmente têm agenda para marcações lool ; )
    Mata Hari

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que esses casais é que é mesmo quando menos se espera e quando dá, aproveitando todos os momentos ;)

      Eliminar
  6. Sem hora marcada é melhor mas também não acho que deva ser sempre que há vontade... às vezes, os miúdos ainda estão acordados...

    ResponderEliminar