10.8.15

é uma cena que não me assiste #1

Passar por cima de grelhas. Sobretudo daquelas de grandes dimensões e que deixam ver um gigantesco buraco onde ninguém quer cair. Por mais anos que viva nunca irei gostar de passar por cima destas grelhas. Por mais que me digam que são do mais seguro que existe. Se existir outro caminho será aquele que irei percorrer. Grelhas no chão é uma cena que não me assiste.

24 comentários:

  1. Somos dois!!! Também me recuso a passar por cima de grelhas e, se possível, evito as tampas de esgoto também...
    E os passadiços dos centros comerciais, como fazes? Eu passo em estado zen e na máxima velocidade possível :-/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando não existe outra opção, tento andar nas junções das coisas.

      Eliminar
    2. Confere! Tal como Philippe Petit! Só falta a vara!! ahahahah

      Eliminar
  2. Eu disfarço que não me incomoda e tal... mas afasto-me sempre!

    http://ofabulosodestinodemariaamelia.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não tenho problemas em dizer que não gosto de andar em cima daquilo.

      Eliminar
  3. Porquê, pode saber-se? Medo de cair?
    Já reparaste que, por exemplo, as grelhas do metro, no inverno, servem de "aquecimento" a muitos sem-abrigo? Ora pensa lá nisso!:(
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim. Ninguém me garante que aquilo não vá cair.

      Eu não tenho nada contra a existência das grelhas. Não pretendo lançar um movimento para acabar com elas. Simplesmente, não gosto de andar em cima delas. Nada mais do que isso.

      Eliminar
  4. também há aquelas grelhas com um espaço entre si demasiado grande e que me deixam a pensar se o meu pequeno pé ficará lá preso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tantas questões que nos surgem e tenho um amigo que partiu a perna numa grelha que estava meio partida.

      Eliminar
  5. Pipocante Irrelevante Delirante10 de agosto de 2015 às 21:41

    Corrida ponte 25 abril.
    Por cima da grade
    Com o Fertagus a passar.

    ResponderEliminar
  6. Ahahaha gostei deste tema porque eu também e assim já me sinto mais acompanhada neste drama. E tentar fugir das grelhas de carro na 25 de Abril não é tarefa fácil... Que essas também são do mais horroroso que existe. Também apoio a rapidez a atravessar os passadiços dos centros comerciais e só, se a volta for mesmo mto mto grande :) Isa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso na ponte 25 de Abril não me faz impressão. Talvez seja por ir no carro sem estar a ver o fundo.

      Eliminar
  7. Ahaha eu também faço o mesmo, deve ser por termos um instinto de sobrevivência mais apurado ;) pois é claro que aquilo pode cair :) se caem varandas entre outras construções feitas pelo homem e outras feitas pela natureza, ninguém nos pode garantir que as grelhas não caiam, não é? ;)

    ResponderEliminar
  8. Confesso que não me faz muita confusão.

    ResponderEliminar
  9. Fazem-me uma grande confusão!
    Na avenida principal desta cidade tem talvez, duas ou três que ficam por cima do túnel que percorre o centro. Sempre que por lá passo, desvio-me.
    A sensação de que aquela coisa pode cair provoca-me calafrios.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Opa podes achar ridículo mas eu evito passar nas grelhas porque me lembro da série "a bela e o monstro" e estou sempre à espera de o ver lá nos confins da grelha :) sara

    ResponderEliminar