POWr Multi Slider

14.8.15

diz que dexter, o serial killer, pode voltar

Trata-se de uma mera conversa informal mas David Nevin, o presidente do canal Showtime, revelou que a série Dexter poderá ter uma continuação. "É uma questão de saber quando é a hora certa. Se há vontade de fazer, certamente vou analisar", referiu durante uma conversa nos Television Critics Awards. David Nevin explicou ainda que o eventual regresso só faz sentido caso Michael C. Hall esteja disponível para o projecto. "Teria de o envolver. Só iria faze-lo com o Michael. A série é esse personagem. Se tivéssemos de fazer, gostava de fazer de Dexter um novo conceito com uma nova configuração. Quero que a série seja diferente e não apenas uma continuação", concluiu.

Apontamentos vários sobre este eventual regresso. Primeiro fico feliz por perceber que ainda existem pessoas que percebem que determinadas séries vivem do seu protagonista. Continuar Dexter sem o famoso serial killer era absurdo. Nesse sentido era preferível fazer algo novo em vez de recuperar uma das séries mais marcantes dos últimos anos.

Por outro lado, uma continuação deveria ser obrigatória. Com o passar dos tempos Dexter foi perdendo qualidade e o final teve como único ponto positivo a porta que ficou entreaberta para uma eventual continuidade e a solidão de um homem que sempre lidou com o sofrimento, tanto o seu como aquele dos que o rodeiam. De resto, a maior parte dos personagens merecia algo mais, sobretudo Debra, a irmã de Dexter que teve um final tão fraco e imerecido como a própria série. Acredito que esta pausa foi suficiente para que um eventual regresso de Dexter esteja à altura do início da série. Que volte depressa.

Dexter, Prison Break e 24: (que infelizmente irá tirar o protagonismo a Bauer) vão regressar. Resta saber quando vão fazer o mesmo com Lost, que também mastigou a história durante algum tempo. Por fim, qual a série - destas ou outra qualquer - que gostariam que tivesse continuidade?

12 comentários:

  1. Dexter!!!
    Acabaste de alegrar o meu dia com esta noticia :=)

    ResponderEliminar
  2. Está na moda fazer revivals de séries que passaram nos anos 90, agora já querem fazer com séries assim tão recentes.
    O que se passa no cinema (remakes, sequelas, prequelas, reboots - falta de originalidade basicamente) está a acontecer com a televisão. O que ainda é mais assustador, pois a maior parte das séries que falou tiveram temporadas mais do que suficientes para se redimirem, mas foram sempre a descer. Aliás uma série com mais do que 5 temporadas (normalmente) já deu o que tinha a dar. É triste pois as séries de televisão são, neste momento, dos melhores meios artísticos. Encontramos originalidade dramática e de comédia no cabo (true detective, fargo, louie, it's always sunny) e nos canais principais (hannibal, modern family, etc). É muito triste começar a ver o descalabro da televisão, como assistimos ao do cinema (isto não significa que não existam bons filmes - há, mas são cada vez mais raros e convém procurar bem o meio independendte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que fazem uma aposta segura. Usam o orçamento que têm para apostar em algo que sabem que as pessoas desejam ver do que em séries que não passam da primeira temporada. Gastam o mesmo dinheiro mas com melhores resultados. Esta é a leitura que faço mas tens razão quando dizes que muitas séries são mastigadas.

      Quanto a Dexter, o final fica em aberto. Por isso será fácil continuar. Tenho mais curiosidade em relação a Prison Break que acaba com o protagonista a ser enterrado. É mais ou menos fácil dar a volta a isto mas a forma como isso acontecer ditará o brilhantismo ou não da continuação.

      Eliminar
  3. Dexter foi das melhores séries que já vi, mesmo com aquele último episódio fraquissimo.

    Prison Break só as primeiras duas tiveram interesse, de resto andaram a inventar. Lost nem pensar, e eu adorei a série, embora tenha que ter andado a ler sobre o final para o perceber.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que foi perdendo qualidade e mastigando muito. O Prison Break está limitado até pelo próprio nome. Não se pode inventar muito quando o tema é a fuga da prisão. Quanto a Lost, está nas minhas preferências dos últimos tempo e não nego que seria giro ter continuidade.

      Eliminar
  4. Por um lado fico contente, pois é das melhores séries que já vi, mas por outro, normalmente essas continuações não correm lá muito bem, espero que esta seja a excepção.

    ResponderEliminar