3.7.15

27 abril - 3 julho

No dia 27 de Abril, por volta das 21 horas, foi a última vez em que tinha andado sem o auxílio de muletas, aos saltos ao pé coxinho quando ainda não tinha as muletas ou numa cadeira de rodas. Hoje, com cerca de uma semana de fisioterapia e recorrendo à bota walker (faz de qualquer um o Robocop - algo que ouço com frequência) abdiquei das muletas. Tentei, com sucesso e sem qualquer dor, andar próximo da normalidade. Isto poderá ser do mais banal que pode existir para muitas pessoas mas para mim é um grande vitória. É também derrubar uma gigantesca barreira que se chama medo pois (e quem já teve uma lesão destas pode confirmar isso) nesta altura existe medo de tudo. Para mim, qualquer coisa vai rasgar o tendão de Aquiles novamente. Por tudo isso, posso dizer que olho para este vídeo como um pai olha para o vídeo em que o filho começa a andar.

10 comentários:

  1. Não tenhas medo, porque tens força de vontade e vais vencer, mas tudo a seu tempo.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nesta altura é quase impossível não ter medo.

      Beijos

      Eliminar
  2. Boa!
    Que mantenhas o positivismo e a perseverança. Nunca tive semelhante lesão nem qualquer outra que me levasse a andar de muletas, mas o termo banal não me passa sequer pela cabeça. Creio que todos nós já passámos por um qualquer problema de saúde que nos deixou mais fragilizados, e sim, medrosos. Força, qualquer dia andas a correr como se não tivesses tido nada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este é o tipo de lesão que nos deixa com medo. Ainda hoje o fisioterapeuta me perguntava se queria voltar a jogar futebol. Disse que não pensava nisso e que até tinha receio de que pudesse voltar a acontecer e ele diz-me que também pode acontecer no outro tendão. Ou seja, não vale a pena ter medo. Mas ele existe.

      Eliminar
  3. Tens razão Homem , nesta fase todo o cuidado é pouco, na fisioterapia tem muito cuidado, foi exactamente nesta altura já sem gesso (não conhecia essa dita "bota robot") que o tendão do meu marido rebentou e voltou tudo ao inicio ... foi terrível avassalador para ele principalmente, por isso reforço a lembrança " Todo o cuidado é pouco" as melhoras e coragem já falta pouco para tudo voltar ao normal !
    Beijinhos e bom-fim-de-semana !!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A bota é muito boa porque permite andar "normalmente" com o tendão protegido pois a bota não foge dos 90º. Ou seja, mesmo que eventualmente tropece e vá ao chão, aquela parte da perna nunca dobra. Recomendo a bota a todas as pessoas que passam por isto.

      Espero que já esteja tudo ok com o teu marido e fico triste que tenha passado pelo mesmo duas vezes.

      Beijos, boa semana e obrigado pelos incentivos.

      Eliminar
  4. Muito bom... deve ser uma sensação libertadora! Espero que daqui a menos de nada estejamos todos a ver o vídeo em que andas normalmente... sem bota! Continuação de boa recuperação e continua a manter o positivismo pois é meio caminho andado para que tudo passe mais rápido! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe muito bem porque passas a viver com medo de que a lesão volte. Ficas sempre a pensar se podes dar mais um passo ou não.

      Obrigado pelo carinho :)

      Beijos

      Eliminar