22.6.15

o drama, horror e tragédia que é a margem sul

Para algumas pessoas a Margem Sul não é mais do que "o drama, o horror, a tragédia", como diria Artur Albarran em Imagens Reais, o seu memorável programa televisivo. Tudo o que é mau existe aqui nesta zona que muitos acreditam ficar a qualquer coisa como 23232323 quilómetros de distância de Lisboa. A Margem Sul vista como o Velho Oeste dos tempos modernos onde se passa o mais depressa possível (e sempre que seja impossível seguir outro caminho) com receio de que aconteça um daqueles temíveis assaltos de que alguém já ouviu falar ao género de mito urbano. 

Existe o mito, a lenda de que tudo é mau. Depois, existe a realidade. Que é feita de praias ao nível das melhores de Portugal. Que é feita de restaurantes com qualidade reconhecida a nível nacional e internacional. De boas casas a preços atractivos. De uma (pelo menos uma) Igreja que é bastante desejada para casamentos. E até um mercado de peixe (Livramento, em Setúbal) considerado um dos melhores do mundo. 

Parece que a Margem Sul não é assim tão má (em comparação com qualquer outra zona)Trocando Artur Albarran por Fernando Pessa: " e esta hein?!" 

18 comentários:

  1. Um preconceito sem argumentos.

    Afinal, onde acaba a margem sul do Tejo.

    É que moro em Setúbal e moro na margem Norte do Sado, mas a isto ninguém importa.

    Quer dizer que o Algarve também fica na margem sul?

    Só o Tejo é referência?

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que para muitas pessoas a Margem Sul vai até ao Algarve. Moras numa bela terra onde costumo ir almoçar aos domingos. Belo peixe, belo choco e belas praias.

      Beijos

      Eliminar
  2. Para mim que venho de Braga é tudo Lisboa lol

    ResponderEliminar
  3. Quando andava na Faculdade em Lisboa, há uns bons vinte anos, lembro-me dos meus colegas alfacinhas me perguntarem frequeentemente "Na Margem Sul as estradas são de areia e os animais andam à solta, tipo galinhas e porcos, não é verdade?" Na altura fiquei chocada. Hoje fico admirada com a ignorancia e a falta de open mind de muitas pessoas. "É verdade, é tudo muito mau" é o que apetece dizer, não venham para cá, mais fica para nós. Bjs Célia da Alemanha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E as pessoas que moram na Margem Norte nos arredores de Lisboa a uma distância da capital muito superior ao pessoal que vem de Almada, Costa ou Seixal mas que falam da Margem Sul como se fosse muitoooooooooooo longe de Lisboa.

      Beijos

      Eliminar
  4. Eu recordo um post que eu fiz em relação a um outro post que tu fizeste:

    http://on-the-catwalk.blogspot.pt/2014/03/live-without-prejudice.html

    E repito "As pessoas não são o local em que vivem ou o carro que conduzem, não são as roupas que vestem ou as festas que frequentam." As pessoas, gente decente, é muito mais, ou como eu costumo..."más allá"!

    ResponderEliminar
  5. Ah pois é!! ;) Grande Margem Sul!!! :) Nós é que sabemos o que é bom e genuíno!! ;)
    Boas leituras!:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Margem Sul Power como fazia o Unas no Curto Circuito :)

      Boas leituras! :)

      Eliminar
  6. Mas sabe onde é uma verdadeira maravilha viver???Alenquer,vila presépio,minha terra.muito muito bom.....

    ResponderEliminar
  7. Margem sul sempre!!!!!!

    Nascida, criada e estabelecida na margem sul!!!!!

    Não troco por nada este meu cantinho com uma qualidade de vida inigualável e até mesmo invejável !!!!!


    Luciana Amieiro

    ResponderEliminar
  8. Parece-me um local como qualquer outro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas existem pessoas que não conseguem perceber isso.

      Eliminar
  9. Não trocaria a minha margem sul por mais nenhum sítio. Como digo muitas vezes, não há margem como esta! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como diriam o pinguim" "just smile and wave boys". É o que faz para quem fala mal sem saber o que diz :)

      Eliminar