POWr Multi Slider

7.4.15

as mães solteiras que confirmem isto sff

É assim?

24 comentários:

  1. Eu não sou mãe solteira... mas acho o máximo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu fartei-me de rir com isto e acabei por partilhar. Estava longe de imaginar que seria a loucura no facebook do blogue.

      Eliminar
  2. não fui mãe solteira, mas divorciei-me tinha a minha filha 2 anos e eu 22. fiz das tripas coração, felizmente tinha um emprego fixo, não ganhava muito mas dava para pagar as despesas de casa, e a alimentação era em casa da minha mãe porque o Sr. seu pai nunca lhe deu um tostão nem para comer, nem para vestir, muito menos para a educação. nunca baixei os braços, tentei dar-lhe o melhor de mim, sem luxos, nem roupas caras, mas com muito amor e sacrifício. Hoje tenho a minha filha quase formada, uma rapariga feliz, bem disposta, com sentido de humor..... o pai não teve tomates para assumir essa responsabilidade, eu tive tomates para tomar as rédeas da minha vida e segui em frente apesar das dificuldades... parabéns pelo seu blogue

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma mãe com tomates. Uma mulher com M muito grande. Gostei.

      Prefiro ser tratado por tu, pode ser Isabel?

      Obrigado

      Eliminar
  3. XD

    ahahahah!!!

    Na muche!!!
    Está tudo dito! É mesmo isso! Palavra de Mãe Solteira!

    Beijinhos***
    Z.

    ResponderEliminar
  4. Não sou mãe, mas confirmo.
    Concordo a 100%

    ResponderEliminar
  5. uhmmmmm....... casos e casos...
    Mas sim, para teres e criar um filho sozinha... que não me faltem os tomates ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Sim é assim, desculpem-me as mães casadas pela confissão, mas considero-me uma mãe com muito mais valor.

    Eu nunca tive ajuda do pai para tomar conta dela quer de dia quer de noite, nunca contribuiu com um centimo que fosse, nunca ajudou com roupa, alimentação, saúde, escola, nada. Apenas serviu para me destabilizar a mim e a ela.

    Mas alguém precisa de um pai assim? Pai é quem cuida, dá amor, protege, ajuda, ampara, brinca, não alguém que contribui apenas com o esperma, desculpem-me a honestidade.

    Por isso sim sou mãe e pai juntos, nunca tive quem me ajuda-se nesta tarefa, felizmente tenho-me saído muito bem e por isso sim digo que tenho mais valor, do que alguem que tem uma vida dita normal pelos estereótipos estabelecidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O teu caminho dá muito mais sabor a cada conquista que tens, têm. Nem é necessária uma comparação com casais onde tudo corre bem, porque esses têm as suas batalhar para travar, mas é certo que tens de ter uma força gigante para que tudo corra bem.

      Eliminar
    2. Comparação no sentido da mulher ter com quem dividir despesas, tarefas e preocupações, apenas.

      Parabéns pelo trabalho no blog... tenho seguido e está excelente.

      Eliminar
    3. Percebi o teu ponto de vista e dou-te os meus parabéns!

      Obrigado pelas palavras. Gostei de ler.

      Eliminar
  7. Pipocante Irrelevante Delirante8 de abril de 2015 às 11:15

    Também as há por opção. E por azar (viuvez). E as temporárias (em que o homem é obrigado a estar fora por longos períodos)

    Também há casais com vida difícil, contrapondo om mães (ou pais) solteiras que têm outros apoios familiares.

    Mas é uma piada engraçada.
    Mas...
    Fosse esta generalização ao contrário... lá vinha a brigada anti-barbeiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A frase está muito gira mas também se aplica a homens que têm de ter um grande tomates. Acredito que seja uma minoria mas também existem.

      Eliminar
  8. Não sou uma mãe solteira, mas sou irmã solteira (que é como quem diz, pôs-se tudo a andar e eu fiquei com uma pré-adolescente para criar)... É mesmo preciso tê-los no sitio!

    ResponderEliminar
  9. Tendo em conta a minha mãe, que é mãe solteira, confirmo isso por completo!

    ResponderEliminar
  10. Eu não sou mãe solteira, mas concordo inteiramente!

    ResponderEliminar