19.3.15

os erros mais cometidos por jovens (e não só) em início de carreira

Tens entre 20 e 25 anos? Estás a estrear-te no mercado de trabalho? Se respondeste sim a estas perguntas, este post é o mais indicado para ti. O Business Insider elaborou uma lista daqueles que considera os erros mais cometidos pelos jovens em início de carreira. Vale a pena ler. Caso já trabalhes há muitos anos, podes ler na mesma. Também vale a pena.

A idade não conta
Aos 20 anos os trabalhadores são muito jovens. Mas isso não significa que as decisões tomadas não sejam importantes para a carreira. Os primeiros passos são muito importantes pois é uma altura em que se começa a delinear o futuro.

Ignorar uma rede de contactos
É extremamente importante criar e manter uma boa rede de contactos. Venham eles da altura da faculdade ou já depois dos estudos. A oportunidade de emprego que tanto se deseja pode estar num desses contactos.

Currículos egocêntricos
Currículos exagerados e egocêntricos são um tiro nos pés. Muitas pessoas cometem o erro de dar destaque ao que o emprego pode fazer pela sua vida. A mensagem a passar é aquilo que o candidato pode fazer para melhorar a empresa. As empresas querem melhorar a sua área de negócios. Isto destaca-se de melhorar a vida do empregado.

Trocar de emprego rapidamente
Muitos jovens desistem muito cedo. A solução é sempre desistir à primeira contrariedade. Nada melhor do que pensar a frio. Analisar detalhadamente qual o impacto dessa decisão na vida.

Deixar de investir em si mesmo
A pessoa mais importante na carreira é cada um de nós. Estagnar nunca é boa opção e deve apostar-se em formação que faça da pessoa um melhor profissional, algo acabará por ter uma influência importante na carreira.

Pensar que sabe tudo
Pode ter acabado o curso com média 20 ou lá perto. Mas isto não significa que se saiba tudo. A aprendizagem é uma obra em curso e é necessário estar disposto a aprender e a ser corrigido.

Ignorar quem manda
As empresas têm hierarquias. Mesmo que não se concorde com as mesmas, devem ser sempre respeitadas. A humildade fica sempre bem.

Esquecer metas
Existem jovens que aos 20 anos já não traçam metas. Os objectivos devem estar definidos. A pessoa deve saber o que quer fazer, mesmo que não tenha grandes expectativas na empresa onde está actualmente.

Não avaliar ofertas de trabalho
O desejo cego e louco de conseguir um primeiro emprego remunerado faz com que muitos jovens não analisem propostas de trabalho e não se informem. Isto faz com que sejam facilmente enganados.

Competição
Ao longo da adolescência somos ensinados a ser competitivos. No mundo profissional esta competitividade pode ser prejudicial. Existem diferentes pessoas com diferentes competências. Perder tempo a medir esforços é um erro.

É certo que não existem regras milagrosas para conseguir e manter um emprego de sonho. É certo que os ordenados estão longe de ser os desejados e justos. Mas existem pequenas regras (muitas vezes ignoradas e facilmente corrigidas) que podem ajudar no momento em que se entra no mercado profissional. Esta lista tem dicas que acabam por ser úteis a quem procura o primeiro emprego mas também a quem já tem alguns anos de carreira pois existem aqui erros que são muito comuns em pessoas mais “velhas”.

10 comentários:

  1. Tudo bons conselhos, sem dúvida :)

    ResponderEliminar
  2. São boas dicas para começar a aplicar, já que daqui a uns meses vou ingressar no mundo do trabalho :)

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito! Tenho 24 anos e comecei a trabalhar há pouco mais de um ano. :) Espero estar no bom caminho!

    http://entreosmeusdias.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que sim. E que a estrada seja a que mais desejas :)

      Eliminar
  4. Se tiveres uma boa cunha, esquece lá tudo isso lololololol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um facto. Mas cada vez mais acho que as cunhas sem talento acabam mais cedo ou mais tarde. Excepto um número reduzido de cunhas que são imunes à ausência de qualidade profissional.

      Eliminar