26.2.15

sim, é publicidade. sim, vale a pena ver





Só agora descobri esta campanha publicitária que já tem dois anos, se não estou enganado. O título escolhido é People in Need e dá que pensar. Não consigo colocar em palavras o impacto que senti quando me deparei com a mistura de artigos de “luxo” com pessoas necessitadas que vivem numa realidade muitas vezes ignorada. Tal como o impacto de comparar preços daquilo que é dado a conhecer nesta campanha publicitária que opõe a sociedade moderna materialista com a triste realidade de países do terceiro mundo. Deixou-me a pensar na minha vida. E acho que o objectivo era mesmo esse.

26 comentários:

  1. Não conhecia a campanha. Obrigada pela partilha.
    Passei a ter essa mesma sensação quando comecei a fazer as "voltas" com a Comunidade Vida e Paz e vi de perto a importância/valor que tem para eles uma camisola que nós já não queremos por ser de há quatro colecções atrás...a importância que tem um pacote de leite, uma manta, etc.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que merece o maior número de partilhas possível. E ajuda a que as pessoas valorizem outras coisas.

      Eliminar
  2. Aqui em Angola é gritante: meninas negras com muitos "tios" e penteados de 200 usd de iphone na mão e malas Furla, enquanto os seus irmãos mais novos estão descalços e com fome.
    A vida não é justa...

    ResponderEliminar
  3. Uau!! Não conhecia. é uma publicidade muito forte. Espero que não te importes, mas também vou publicar no meu blog essa campanha...

    ResponderEliminar
  4. Uma realidade para a qual tentamos às vezes (e eu diria até demasiadas vezes) fechar os olhos :(

    ResponderEliminar
  5. Eu já conhecia e concordo contigo... deixa-nos mesmo a pensar!

    ResponderEliminar
  6. Infelizmente esta é uma das realidades que nos passa muito ao lado no nosso dia a dia.

    ResponderEliminar
  7. Eu vi uma publicidade parecida, talvez da mesma gente, mas era mesmo um vídeo em vez de fotografias, chocante, dá que pensar, chegaste a ver? se não deverias procurar porque o vídeo é mesmo muito bom, já deve ter um par de anitos

    ResponderEliminar
  8. Hoje fui ao médico, tenho andado doente, chateada porque amanhã faço 39 anos e não tenho algumas coisas que planeei ter com esta idade e o gajo cá de casa, nos seus 32 anitos, chama-me cota só para chatear.

    Agora, quando me recordo de uma fotografia de uma criança desesperada com a boca no anûs de uma vaca na esperança de sair dali algo bebível ou comestível, olho à minha volta e pergunto-me se essa criança tivesse metade do que os meus 3 animais têem, se ainda estava desesperada, portanto, um passo em frente que quem realmente sofre são estes desgraçados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São momentos fortes como este que nos fazem ver a realidade com outros olhos. Perceber que existem coisas que desvalorizamos e que fazem a diferença noutra zona do mundo.

      Eliminar
  9. Enfim, uma realidade que sabemos que existe mas que muitas vezes fazemos por esquecer ou ignorar... E esta campanha põe o dedo na ferida. Sem dúvida uma campanha forte!

    ResponderEliminar
  10. Já tinha visto. Na altura mexeu e ainda mexe cá por dentro...


    Beijinhos
    Z.

    ResponderEliminar