3.2.15

com ele tudo mudou

No futebol moderno existe um antes e um depois de David Beckham. Com ele, tudo mudou. Até então, existiam alguns jogadores mais ou menos excêntricos e com uma imagem mais fora do normal (tendo em conta o que se via num campo de futebol). Com o aparecimento e popularidade de David Beckham, tudo mudou. Foi com ele que o mítico penteado moicano passou a ser quase obrigatório para jogadores de futebol. Foi com ele que as tatuagens ganharam outra dimensão no desporto rei. E foi também com o ex-jogador inglês que o número 23 – até então imortalizado no basquetebol pelo eterno Michael Jordan – passou a ser número de craque e estrela, estando à altura do famoso 10, utilizado por grandes nomes do futebol mundial.

Foi com David Beckham que o futebol ganhou uma imagem que até então pouco estava associada. Os jogadores eram vistos (alguns ainda têm esse rótulo nos dias que correm) como homens com a carteira recheada de dinheiro mas vazia de gosto. Compravam o que era mais caro sem se preocupar com a imagem. Com David Beckham futebol e moda passaram a andar de mãos dadas. A imagem cuidada passou a ser associada aos jogadores, ganhem eles fortunas ou tostões. É certo que a nível desportivo, apesar de ter sido um grande jogador com uma qualidade de passe como poucos, David Beckham está a uma grande distância de talentos como Messi ou Cristiano Ronaldo.

Mas a uma carreira de sucesso, que não pode ser comparada a Messi e Ronaldo, David Beckham acrescentou a vertente da imagem que não pode ser igualada por Messi e Ronaldo. Só isso explica que perto do final da sua carreira, quando tinha um ordenado muito mais baixo do que estes dois talentos, David Beckham conseguisse ganhar tanto dinheiro como ambos. E também só isso explica que aos 39 anos continue a ser bastante desejado pelas marcas, entre elas a H&M, com quem colabora há anos e marca com a qual tem uma nova campanha. 





Não sei se nos próximos tempos voltará a existir um jogador que equilibre o talento com a imagem na perfeição, algo que David Beckham fez/faz como ninguém. Beckham que ainda hoje provoca suspiros em muitas mulheres e que eventualmente terá sido o responsável pelo facto de algumas mulheres prestarem mais atenção ao futebol. Certo?

12 comentários:

  1. Boa análise futebolística.
    Portugal nem está mal representado. Sempre considerei Luis Figo um dos jogadores com mais cabeça e Cristiano tem estilo, apesar de, por vezes, demasiado azeiteiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que em termos de estilo, ninguém se compara a Beckham.

      Eliminar
  2. Não foi o responsável por gostar de futebol mas devo dizer que dava gosto vê-lo (mais fora dos campos admito)... concordo que é o futebolista que iniciou a boa relação entre futebol e moda. Não que todos, mesmo hoje em dia, consigam fazer o mesmo...seja neles próprios ou nas múltiplas campanhas publicitárias como o Beckham conseguiu e consegue.
    Não sabia que já contava com 39 anos mas está muito bem :)

    ResponderEliminar
  3. não li nada. fiquei distraída com as fotos. sorry! lol

    ResponderEliminar
  4. Honestamente, em termos de imagem, na minha opinião, ninguém bate o Figo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mais recente porque o do início da carreira era de fugir :)

      Eliminar
  5. Ai, Bruno, que homem! Mas o homem que é hoje, porque no tempo em que jogava futebol, o meu ídolo era o nosso Luís Figo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto mas entre os dois preferia o Beckham. Sempre gostei muito.

      Eliminar
  6. Os outros dois "meninos bonitos" do futebol nem aos calcanhares lhe chegam!!

    ResponderEliminar