13.1.15

mais coisas sobre mim e sobre o blogue

A simpática Sara, autora do blogue definitivamente são dois foi desafiada para um questionário. Por sua vez, desafiou-me a responder a um conjunto de perguntas que dão a conhecer um pouco mais sobre mim mas sobretudo sobre o blogue. Como adoro um bom desafio (ainda por cima vindo da Margem Sul), respondi com todo o gosto. Obrigado Sara!

1- Há quanto tempo tens o blog?
Criei o blogue no dia 10 de Abril de 2012. Está a caminhar para o seu terceiro aniversário.

2- Quais os temas abordados?
Tudo aquilo em que penso. Ao longo deste tempo posso dizer que poucas foram as ideias que resultaram num texto que acabou por não ser partilhado no blogue. Por norma, quando tenho a ideia escrevo e partilho.

3- Qual a tua maior motivação?
Mais do que motivação tenho o desafio de partilhar diversos temas novos diariamente. Não é uma obrigação e muito menos uma obsessão. É um desafio que faço a mim mesmo. Por outro lado, o blogue permite mostrar a minha escrita como ela é, sem filtros editoriais a que estou sujeito na minha profissão. Aquilo só dependo de mim e não estou ligado a uma linha editorial.

4- Blogs que segues diariamente/semanalmente?
Seria injusto destacar um. Na barra lateral tenho praticamente os mesmos blogues que tinha no dia em que criei o blogue. Uma das coisas que gosto de fazer na blogosfera é navegar de blogue em blogue. Entrar num e descobrir os blogues que são destacados pelo autor(a) desse blogue. E assim tenho descoberto blogues muito bons e interessantes sobre os mais variados temas que acabo por seguir. O teu é um deles, com a vantagem da relação de amizade ir além deste mundo virtual.

5- Significado do nome escolhido para o blog?
A primeira versão do blogue, a casinha de madeira, foi criada em cerca de trinta minutos. Uma das primeiras coisas a escolher foi o nome e a escolha foi rápida. Sou homem e na altura não tinha blogue.

6- Como defines esta experiência?
Tem sido uma aventura. Ao longo deste tempo aprendi muito mais do que podia imaginar. Até porque nunca perspectivei o crescimento que o blogue tem tido ao longo do tempo. Nunca pensei que pudesse ser alguém com quem as pessoas gostam de desabafar. Nunca acreditei que simples palavras e perspectivas pudessem ser tão úteis para outras pessoas. E não há dinheiro que pague tudo isto que acaba por se reflectir num crescimento pessoal.

7- Quanto tempo em média dedicas ao teu blog?
Quando tenho tempo livre dou um salto ao blogue. Mas por norma é pela manhã que lhe dedico mais tempo.

8- Já fizeste amizades através do blog?
Sim, várias. Já conheci pessoas maravilhosas (tu e o David são dois bons exemplos) com quem provavelmente nunca me iria cruzar caso não existisse o blogue. E isso é mais um ponto a favor da decisão de criar um blogue.

9- Resume a tua personalidade numa frase.
Gosto de acreditar que sou amigo dos meus amigos e que dou tudo pelas pessoas que amo sem pedir nada em troca.

10- Quais os objectivos em 2015 para o teu blog?
Nenhuns! Foi assim em 2012, voltou a ser em 2013 e também no ano passado. Este ano não é excepção. Já tive algumas propostas para outros “voos” mas continuo sem planear o que quer que seja. Acontecerá o que tiver de acontecer sempre sem planos antecipados e com ponderação no momento da decisão. Gosto de viver o momento e saborear esse momento ao máximo sem pensar no sabor de um momento futuro. Isso retira prazer ao que está a acontecer.

11- Qual o tema que mais gostas de abordar no teu blog? Porquê?
Não tenho nenhum tema específico. É curioso que alguns textos, que me dão muito prazer escrever, acabam por não ter grande impacto junto de quem me acompanha (e a quem agradeço pelo tempo que me dispensam) e outros, que não acho nada de especial, conseguem ter um impacto inesperado. Esquecendo os temas, gosto de textos que colocam as pessoas a debater o assunto. Gosto da troca de palavras com quem passa por aqui. Responder aos comentários e trocar ideias é uma das melhores experiências associadas ao blogue.

6 comentários:

  1. Gostei de ler e até parece que o conheço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Helena! E prefiro ser tratado por tu, pode ser?

      Eliminar
  2. Estes questionários são sempre muito interessantes, e dá para conhecer melhor que está por detrás do ecrã.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que gosto de responder a perguntas destas.

      Eliminar
  3. Obrigada B! :) também eu fiquei a saber mais sobre o teu blog! :) beijo grande!

    ResponderEliminar