27.11.14

ciúmes em locais impróprios. ou é outra coisa?

Gosto de ciúmes numa relação. Acho que, desde que sentidos (ou revelados) de forma suave são um sinal de paixão. Porque, quem ama e deseja acaba por sentir ciúmes em diversas situações. Por mais que se diga que não ou que se consiga evitar que os mesmos sejam revelados, acredito que eles acabam por existir. Quando os ciúmes são doentios, é algo que não aguento. E que não compreendo pois levam a relação para um patamar onde a desconfiança e as discussões têm lugar de destaque.

E se não compreendo ciúmes doentios numa relação, muito menos compreendo ciúmes em relações de amizade ou em relações profissionais, apenas para dar dois exemplos. E se também não compreendo este tipo de ciúmes, ainda muito menos compreendo os ciúmes que têm lugar em locais impróprios. Como por exemplo... no ginásio. Local onde descobri que existem. Existem pessoas que conseguem sentir ciúmes do tratamento que um “professor” dá aos “alunos”.

Queixam-se de que fulano nunca é criticado nem corrigido. “Sou só eu que faço as coisas mal”, dizem. “E os outros?”, perguntam. Chegando a acusar sicrano de ter um tratamento especial. Quando, na realidade, e independentemente da relação de amizade que as pessoas têm fora do ginásio, o tratamento é igual para todos. A diferença está somente num detalhe importante: a forma como se lida com a crítica.

Aqueles que são acusados de tratamento especial são aqueles que ouvem a crítica e corrigem o que estão a fazer mal, de modo a que não tenham de ouvir a mesma crítica dezenas de vezes. Não perdem tempo a tentar descobrir erros nos outros, preferindo corrigir os seus. Os outros, aqueles que acusam, são aqueles que ouvem a mesma crítica dezenas de vezes e que mesmo assim continuam a cometer o mesmo erro. Não percebem que não corrigiram algo e optam por encontrar tratamento especial onde ele não existe. Os ciúmes que sentem são afinal outra coisa. Mas preferem ignorar esse detalhe.

18 comentários:

  1. Ó Bruno, era o que me faltava ter ciúmes de alguém, lá no ginásio.
    Mas noto quer há pessoas que gostam de mostrar que são boas, principalmente na zumba e no bodybalance.
    Na minha perspectiva, cada pessoa faz como sabe e pode.
    De resto, não me incomoda nada, talvez porque, e desde que o ginásio abriu, há 16 anos, e nunca mudei, eu entro, faço os meus exercícios, troco umas palavras com A ou B e saio, sem mais confianças.
    Sou assim
    Beijinho

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não concebo ciúmes no ginásio. Se têm ciúmes de quem faz bem, apliquem-se mais. E uma das razões pelas quais não percebo é porque a única competição que tenho no ginásio é comigo e com o que fiz no dia anterior.

      Beijos

      Eliminar
  2. Ciúmes doentios numa relação amorosa já são o fim, quanto mais no resto. Hhá pessoas muito imaturas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existem coisas que não compreendo. Esta é uma delas.

      Eliminar
  3. Olá :)
    Não gosto de ciúmes numa relação. Não gosto que existam motivos para ciúmes numa relação.
    Quanto aos outros tipos de ciúmes, haja acima de tudo bom senso de ambas as partes. Digo isto porque há de tudo: há pessoas que são desnecessariamente ciumentas, e do outro lado também existem pessoas que provocam desnecessariamente ciúmes, que se deveriam abster de ter um "preferido", seja um professor, um chefe, etc. E ter um "preferido" não é propriamente enaltecer alguém que o fez por merecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que em muitos casos os ciúmes são um reflexo de defesa da falta de confiança.

      Eliminar
  4. Sempre discordei com o ditado "ciumes e prova de amor" porque ciume e sempre prova de inseguranca. No relaciomento a dois, profissional ou no ginasio em qq lugar. Nao ha nada de bom nesse sentimento, e faz mais mal a quem sente que a quem sofre, eu acho. Otimo texto , by the way.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que os ciúmes não transversais a todos os apaixonados. Agora, há ciúmes e ciúmes :)

      Obrigado

      Eliminar
  5. Ciumes num ginasio? que cromice...porque o professor se dá mais com aquele ou acolá....quanto mais frequento ginasio mais tenho aquela sensação de que entrar calada e sair muda é o melhor..:)

    ResponderEliminar
  6. Agora que falas do ginásio... No que frequento o dono tem ciúmes dos seus empregados, portanto, os instrutores, isto porque são pessoas que já trabalham lá desde a antiga gerência e que já conhecem muitos clientes, daí a confiança com os clientes, o à vontade e a amizade que já se criou.
    Isto dá aso a comentários descabidos, mau ambiente e, claro, abuso estúpido de poder.
    Concordo contigo, o ciúme deve existir sim, mas em peso e medida, e há situações e locais onde não faz sentido nenhum.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existem pessoas com as prioridades muito mal definidas.

      Eliminar
  7. Concordo contigo em todo o post. Subscrevo todas as palavras!

    ResponderEliminar
  8. Pois eu acho é que existem pessoas que estão no ginásio com a mentalidade de miúdos do ensino básico. Só faltam dizer: Professor, olhe ele !!!!

    ResponderEliminar
  9. não perca tempo com ciumes... são sempre mau sinal! não importa se são ligeiros. não importa se são no ginásio. dão sempre mau resultado. em ultimo caso, nas relações podem dar em crime passional e no ginásio podem dar em massacre...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os ciúmes, quando descontrolados, dão sempre mau resultado.

      Eliminar