3.10.14

obrigado. sem vocês não era a mesma coisa

Ao longo de pouco mais de um ano desenvolvi aquele que considero ser o maior desafio que enfrentei a nível de escrita. Refiro-me ao Is This Love?, o romance (não sei se lhe posso chamar isto) que fui escrevendo no blogue. Trata-se de um desafio porque escrevi o primeiro texto sem pensar que teria continuidade. Naquele momento era um texto único, como tantos outros, que ia nascer e morrer ali. Até que achei que a sua morte era injusta e que poderia crescer. Mesmo sem saber até onde iria o desenrolar daquela história de duas pessoas que têm muito em comum com diversos aspectos da minha vida.

Foram surgindo os capítulos, quase sempre de improviso. Acabava um sem saber o que ia acontecer no seguinte. Quando escrevia o seguinte, muitas vezes mudava o que estava a pensar naquele momento. E esse desafio foi algo que me preencheu, que me levou a crescer um pouco mais e que acompanhou algumas mudanças na minha vida ao longo destes meses. Seria injusto se não referisse a importância de quem ocupa o seu tempo a ler o blogue e, neste caso específico, a acompanhar a história de Miguel, Alexandra, e por fim, Hema. Soube bem ler os comentários e receber mensagens a pedir para continuar, a pedir para não dar um certo rumo aos personagens e a incentivar-me. Por isso, e desde já, o meu eterno obrigado a quem o fez.

Ontem, quando acordei, não sabia que a história ia acabar. Aliás, foi por volta das 18 horas que decidi escolher o nome da bebé e terminar a história. Entendi ser o momento certo para acabar porque a vida daqueles dois já tinha dado muitas voltas. Tinha ponderado um final trágico para Miguel. Equacionei também um final agridoce para o personagem masculino. Mas, tendo em conta tudo aquilo que viveram e o que passaram, entendi que seria justo e merecido um final feliz. Até porque ainda acredito em finais felizes.

Quero agradecer a quem leu este desafio. Muito obrigado a todos. Agora, é altura de dar início a outro. Que, tal como este, não passa de uma pequena ideia que tenho. Tenho, na minha cabeça, a história para o primeiro capítulo, que nem tem nome. O resto, será uma ventura igual a esta. Vamos ver no que dá...

15 comentários:

  1. Bom dia,
    Se te sentes bem em faze-lo porque não. Deste lado sabe tão bem!
    Escrever nunca foi uma das minhas paixões mas acredita sou muito boa leitora.
    Em respeito à história que acabaste de escrever, é a vida e o que ela tem de melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi uma experiência nova para mim mas soube muito bem. E reler tudo isto é viajar pela minha vida e pelos meses. Uns capítulos foram escritos em dias muito bons e outros em momentos muito maus. E isso resultou numa experiência muito enriquecedora.

      Obrigado

      Eliminar
  2. Grande jornada! :) Que acompanhei com gosto desde o início: parabéns!

    Também adoro escrever assim, descobrindo a cada letra o que vou fazer às personagens. Temos feito isso um pouco, eu e a BB neste conto a duas mãos (pingo-pong): http://daspalavras.blogs.sapo.pt/conto-pingue-pongue-a-sao-e-a-madalena-35124

    E cada vez que ela me passa a bola são novas surpresas e logo brotam ideias (disparatadas).

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras. E tenho de publicar o desenvolvimento do texto que me desafiaste a fazer. Neste caso, o desafio é ainda maior. Pegar em ideias de outros e dar-lhes o nosso toque pessoal.

      beijos

      Eliminar
  3. Li de rompante todos os capítulos... e adorei a "estória"... brigadita pela boa escrita :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! Fico muito feliz por isso ;)

      Eliminar
    2. Ah ... e ainda bem que só deparei com tudo no final porque senão ia andar a chatear pelos próximos capítulos :) hehehe, parabens mais uma vez!

      Eliminar
    3. Como comentei ctg ha uns dias...sou impaciente, e ao ler os 2 primeiros capitulos nao ia aguentar a espera ( tal como me acontece nas series lol ), por isso decidi esperar que terminasses a estoria..e assim q entrar de ferias vou-me sentar no conforto do sofa e devorar tudo desde o inicio.

      Qd terminar logo te darei a minha opiniao ( nao q valha mt )

      Eliminar
    4. Obrigado Té!

      Fico a aguardar pela tua opinião. E claro que vale muito.

      Eliminar
  4. Qui ça,daqui por uns tempos não surge um livro teu?Tens imenso jeito para a escrita e consegues tocar o coração do leitor/a com as tuas palavras. Mto obrigada,Bruno pelo prazer q me proporcionaste com o teu 1romance e que seja uma inspiração e alento para futuros romances!

    Bj
    Marlene

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acredito muito nisso e ter esta experiência já me realizou imenso.

      Muito e muito obrigado pelas tuas simpáticas palavras ;)

      beijos

      Eliminar
  5. Acompanhei desde o início (ainda não li o final, vou fazê-lo de seguida), e foi um verdadeiro gosto. A história foi bem construída e foi escrita de forma a prender quem lê. Gostei!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado meu caro. Sabe bem ler as tuas palavras.

      Eliminar