POWr Multi Slider

8.9.14

só a distância ensina

Existem coisas que só são verdadeiramente explicadas pela distância. Como por exemplo o amor que une duas pessoas. Ou mesmo a amizade entre duas pessoas. Porque, no amor e na amizade, a proximidade pode ajudar a criar uma ilusão de sentimentos. Não tem de acontecer em todos os casos nem se trata de uma conta de somar em que só existe um resultado possível. Mas o que é certo é que a proximidade pode ser bastante enganadora.

A proximidade, quando duas pessoas se dão bem ou acham que se amam, funciona como um momento positivo em que todas as pessoas aparecem para dar palmadinhas nas costas. Tudo é perfeito. Tudo é maravilhoso, o que faz com que também possa ser falacioso. Mesmo que exista um momento em que tudo parece tremer ou acabar, colocando o tipo de relação em causa, a proximidade acaba por tender a unir (mais do que separar) duas pessoas que se dão bem.

Não existindo distância não existe também a ausência de alguém que nos leva a perceber o que realmente nos une a outra pessoa. Até que surge a distância motivada por uma qualquer situação da vida. Se a proximidade é o momento bom das palmadinhas nas costas, a distância é o momento de merda em que todos fogem. E é nesse momento que se descobre o que outra pessoa significa para nós. Por um lado pode mesmo ser amor com a ausência a doer de forma intensa. Pode ser, noutros casos, uma amizade forte provada pela tal distância. Depois, existe o outro lado. O afinal não era amor. E o afinal não era amizade. Eram sentimentos confusos que se tornaram claros quando a proximidade desapareceu.

Os tais enganos podem ser motivados pelo mesmo círculo de amigos, pelo mesmo emprego, pelo mesmo estilo de vida e por tantas outras coisas que criam a ilusão e que aumentam, numa grande dose, os verdadeiros sentimentos que unem duas pessoas. A lição nem sempre é boa. Em alguns casos descobrem-se sentimentos opostos aos que se desejava sentir. Mas, em momento algum a distância é má professora. Aliás, deve mesmo ser das melhores. Porque se não resiste à distância, mais cedo ou mais tarde, também não vai resistir à proximidade.

8 comentários:

  1. A distância ajuda a pensar com clareza e a sonhar imenso . Também nos aproxima !

    ResponderEliminar
  2. " Mas, em momento algum a distância é má professora. Aliás, deve mesmo ser das melhores. Porque se não resiste à distância, mais cedo ou mais tarde, também não vai resistir à proximidade."

    Está duto dito.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Repito o comentário que te fiz no facebook.

    ResponderEliminar
  4. Vivi um namoro à distância desde Janeiro de 2012 (estávamos juntos desde início de 2011 mas fui viver para a Alemanha por motivos profissionais) e só a distância é que nos mostrou o verdadeiro sentimento que nos juntava.
    Com muito respeito e muita comunicação, permanecemos juntos este tempo todo.
    Agora, finalmente tive oportunidade de voltar e estamos a viver juntos desde o início de Setembro :)
    Espero que a nossa relação também sobreviva à proximidade :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto tanto de histórias como a vossa. Espero que tudo corra bem :)

      Eliminar