19.7.14

nunca estamos preparados

Existem coisas para as quais nunca estamos preparados. Por mais que exemplos que tenhamos visto. Por mais conselhos que outras pessoas nos tenham dado. Porque, quando a realidade não é nossa, por mais que queiramos perceber, nunca temos a real noção do que se passa.

Neste momento vivo um desses momentos com a minha mãe. Tinha conhecimento de várias histórias. Tinha recebido conselhos de pessoas especiais que viveram dramas muito piores do que aquele que estou a viver. Isto fez com que tentasse antecipar, da pior maneira possível, uma mudança relacionada com a minha mãe.

Foi aquilo que fiz. Preparei-me para o pior e acabei por encontrar o melhor. Sobretudo pela força que a minha mãe tem. É apenas mais um passo na sua luta e um dos aspectos menos positivos desta etapa são as pessoas que observam, apontam e comentam com uma total ausência de discrição.

O tempo está a avançar. A meta está já ali. E és a carequinha mais bonita e especial do mundo. Dizem que é dos carecas que elas gostam mais. Neste caso, é da careca que eu mais gosto. Amo-te muito carequinha.

Enviado do meu iPhone

36 comentários:

  1. Força e as rápidas melhoras da tua mãe!

    ResponderEliminar
  2. Força, pensamento positivo :)))
    beijinho,

    http://www.saladosilenciocorderosa.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os pensamentos positivos são indispensáveis :)

      beijos

      Eliminar
  3. Desejo que corra tudo bem.
    E não, nunca estamos preparados...

    Beijos/ A Mãe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não existe preparação possível. Vai correr tudo bem :)

      beijos

      Eliminar
  4. Melhoras para ela. Tudo a correr bem ;) Somos mais fortes do que pensamos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha mãe é um poço de força e vai correr tudo bem.

      Obrigado

      Eliminar
  5. Querido Bruno, fiquei comovida com o teu texto pois a minha mãe está desde janeiro numa luta contra um linfoma e Graças a Deus dia 29 faz a útltima sessão de quimioterapia e o linfoma está em remissão total. A minha mãe tem sido um exemplo de força, serenidade e otimismo e é também uma carequinha linda !! Vais ver que tudo acaba por passar e correr bem, é duro mas a tua mãe vai vencer esta batalha tal como a minha mãe ! beijos e um enorme abraço para ti e para a tua mãe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que em Outubro esteja tudo resolvido. E vai estar.

      Acredito que a questão do cabelo incomode mais as mulheres. Por exemplo, a minha mãe não quer que a veja sem cabelo. Ofereci-me para ficar careca durante o mesmo tempo que ela. Passaria a estar ao lado dela careca para que as pessoas não centrassem o olhar nela. Mas ela não quer. Prefere outra solução e quero é que se sinta bem.

      Os tratamentos da minha mãe são sobretudo preventivos. E por mais que custe, fico mais descansado que os faça para que fique totalmente descansada.

      Beijos e obrigado pela força. Um beijo enorme para a tua mãe.

      Eliminar
    2. É uma batalha diária, será sempre - é assim que eu enfrento a doença. Há 2 anos que o meu marido "ultrapassou" essa etapa (ainda hoje me lembro que ouvi a palavra linfoma como quem ouve "constipação"). No entanto, será sempre uma pedra no sapato impossível de retirar. Resta-nos a acreditar e ter esperança.

      Muita força para ambos!!

      Eliminar
    3. Ainda bem que correu tudo bem. É uma luta diária que tem de ser encarada com optimismo e muita força.

      Ainda bem que correu tudo bem com o teu marido.

      Obrigado

      Eliminar
  6. É sempre bom o final ser feliz! Tudo a correr bem!

    ResponderEliminar
  7. Um abraço para a carequinha e aqui vai um link muito interessante para ela, para ti, para quem quiser ler.E o livro é de uma grande coragem e ajuda, sem magoar absolutamente nada.
    Uma autobiografia muito bonita.



    http://minhavidacomigo.com/

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pela força e pela partilha :)

      beijos

      Eliminar
  8. Percebo o que diz, não porque o vivi na pele, mas porque o vivi através dos meus avós. Da primeira vez não tinha a maturidade, nem o conhecimento necessário, para me preparar para o que vinha pela frente. Mas, tinha a força imparável do meu avô que não ligava aos olhares, ria-se dele próprio, brincava com a própria doença e enfrentou com um sorriso nos lábios todas as vitórias e derrotas. Da segunda vez a história foi diferente. Talvez por a minha avó ter uma mentalidade diferente, uma maneira diferente de ser, o facto de ser mulher … Ainda, hoje não sei. Mas, os olhares na rua eram como setas, que a devastavam mais do que qualquer tratamento. Às vezes as pessoas não têm a noção do poder de um comentário ou de um olhar. Esquecessem (ou não querem saber) que nem todas as pessoas têm “carapaças”.

    Nina
    momentosemcapsulas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nina, trata-me por tu, pode ser?

      Por mais conhecimento que exista não existe uma preparação possível. Só quando vivemos os casos. E a força da pessoa e de quem a rodeia é essencial para que não existam quebras.

      Eliminar
  9. Desejo que tudo continue a correr bem com a tua carequinha! :-)

    ResponderEliminar
  10. Filho muito ternurento... oxalá o meu filho fosse assim para mim!
    Tudo pelo melhor , sempre...
    <<<<helena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que todos os filhos sentem como eu. É a lei da vida.

      Obrigado Helena

      Eliminar
  11. BOnito...Não ligues à maldade das pessoas...

    ResponderEliminar
  12. Força, muita força nesta batalha! Se me permites, um beijinho para a tua carequinha, porque apesar de não a conhecer, mimos nunca são demais.

    http://thelusofrenchie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  13. Muita força para todos. As melhoras.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Muita força! Com o apoio exemplar da família como aquele que demonstras trata-se de uma carequinha lutadora e vencedora. Um grande beijo e abraço para ti e para a tua(com toda a certeza) linda mami!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A carequinha é mesmo uma lutadora. Um dos grandes exemplos da minha vida.

      Obrigado por tudo. Beijos :)

      Eliminar
  15. Sei bem o que é ter o coração nas mãos pela nossa mãe...

    Força, vai tudo correr pelo melhor :)

    ResponderEliminar
  16. Força nessa batalha.
    Um grande abraço

    ResponderEliminar