POWr Multi Slider

31.7.14

afinal, o que custa mais?

Num destes dias gerou-se uma discussão entre o meu grupo de amigos que frequenta o ginásio. O assunto era sobre a prova desportiva que exige um maior esforço. Ou, por outras palavras, qual era a que mais custava fazer. E as opções eram apenas duas: uma maratona ou uma prova de ciclismo como o tour ou a vuelta. E as opiniões divergiam, nem sempre com argumentos que as sustentassem.

De um lado, e num número menor, os que acreditam que uma maratona é a prova mais exigente a nível físico. Nem que seja apenas porque sim. É mais difícil de fazer, defendem. Do outro lado da barreira, e com mais adeptos, as pessoas que defendem que uma prova de ciclismo, como as duas que referi, é muito mais exigente. Quanto a mim, acho que não existem dúvidas de que a prova de ciclismo é muito mais complicada e exigente.

Porém, considero que é um bastante injusto comparar uma maratona com o tour ou com a vuelta. Em primeiro lugar, e aqui pode existir um termo de comparação, são provas que exigem uma intensa preparação física. Porque não é qualquer pessoa que corre 42,195 quilómetros em poucas horas. Tal como não é qualquer pessoa que pedala mais de três mil quilómetros em cerca de duas semanas. São exigências físicas intensas que só estão à altura de quem se prepara da melhor forma possível para tamanho esforço.

Mas, sendo obrigado a escolher uma destas duas hipóteses, tenho de escolher a prova de ciclismo. É que a maratona dura algumas horas. E acaba ali. A prova de ciclismo obriga a que sejam percorridos bastantes quilómetros diariamente. E isso significa uma exigência muito mais forte do que correr uma maratona. Reforço que defendo que são duas provas que não podem ser comparadas. Mas quando o tema é desporto e quando os protagonistas da conversa são homens... vale tudo! E todos querem ter razão. 

12 comentários:

  1. Eu considero que a mais difícil de todas é o triatlo, é uma prova que exige do corpo tudo e mais, feita em poucas horas e que pede uma resistência física enorme, não se faz muito, nos Estados Unidos mais que tudo, mas os que participam ganham o meu respeito para sempre

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas a discussão era apenas em torno destas duas modalidades. Qualquer atleta de alta competição merece o meu respeito.

      Eliminar
  2. há aí muitas preponderantes, mas escolheria a Ultramaratona, a Spartathlon é uma das provas, penso que será das mais duras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas essa não entrava na discussão. Mas as tuas opções são realmente um exemplo de muito esforço físico.

      Eliminar
  3. Se comparares uma maratona com uma etapa de uma prova, na minha opinião a maratona é muito mais difícil, no entanto se for uma maratona vs uma prova de ciclismo (3 semanas de etapas) aí penso que a prova é mais difícil.

    Mas como sou um aficionado de atletismo, a minha opinião não é imparcial :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com a tua comparação. Por isso é que acho que não se podem comparar estas duas provas :D

      Eliminar
  4. Onde existe um maior gasto de caloria? A correr ou andar de bicicleta?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A correr mais de quarenta quilómetros ou a pedalar mais de três mil? Por isso é que acho que é uma comparação injusta.

      Eliminar
  5. Pipocante Azevedo Delirante31 de julho de 2014 às 15:59

    Sem querer ser incorrecto, mas quem acha que a maratona custa mais, ou está com os copos, ou nunca praticou desporto.
    A maratona seria debatível com o decatlo, por exemplo, que é composto por provas de diferentes características, força, velocidade ou resistência, condensadas em 2 dias. Aí poderia haver discussão.
    Uma prova de 2 semanas como o Tour, quase sem tempo de descanso, quanto muito, pode ser comparado com uma ultra-maratona.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por pensar como tu é que acho que a comparação não é justa. Não se pode comparar uma prova de um dia com uma de duas semanas com um elevado ritmo praticamente diário.

      Eliminar