3.6.14

j&j

Fui ao Rock in Rio para ver Justin Timberlake. Um homem que enlouquece (e apaixona) a minha mulher e também a minha cunhada. Da minha parte, estava curioso para ver como era em palco aquele que é considerado um grande entertainer. E gostei bastante do que vi. Existem pessoas que querem ser tudo e mais alguma coisa, acabando por se dispersar naquilo que tentam ser. Justin Timberlake não é uma dessas pessoas. É um excelente dançarino. Canta ainda melhor. E representa igualmente muito bem. No meio disto tudo, não se perde. E consegue dar o melhor de si naquilo em que se empenha.

Como já esperava, o seu excelente espectáculo soube a pouco. É muito pouco tempo em palco. Tendo em conta aquilo que vi, fiquei bastante curioso para saber como será um concerto apenas seu. Se neste caso foi muito bom, imagino que seja muito melhor num formato só seu. Tendo em conta o número de pessoas que estavam no recinto e o calor com que foi recebido, espero que esta experiência sirva para nos colocar no mapa numa próxima tour.

Conhecer Justin Timberlake levou-me a descobrir Jessie J, que conhecia apenas de algumas músicas e vídeos. Gostava de algumas músicas mas não achava grande piada à mulher. Depois do concerto, fiquei a gostar ainda mais das músicas e a adorar a mulher. Jessie J é um animal de palco como existem poucos. Por isso não me surpreende que (na altura em que vi) fosse o melhor concerto numa votação levada a cabo no facebook do Rock in Rio, superando Justin Timberlake em alguns votos.

A presença em palco, da artista de 26 anos, faz com que seja impossível retirar os olhos de si, nem que seja por breves segundos. A sensualidade da sua dança e a excelência da sua forma física aquecem o mais frio dos corações. A forma como prende o público leva cada uma das pessoas que está no recinto ao delírio (que momento fantástico quando meteu toda a gente aos saltos com o seu laserlight).

Além disto Jessie J tem duas coisas que adoro. A primeira é o carregado sotaque britânico. Sou capaz de ficar, sem me fartar, horas a ouvir um sotaque destes. A outra é a forma como dança. Uma mulher que manda no seu corpo daquela maneira e que consegue ser extremamente sensual sem nunca ser ordinária nos movimentos tem os homens que quiser a seus pés. Isto basta para conquistar qualquer homem. Se não chegar, acrescenta-se o seu olhar brilhante e sorriso contagiante.

Fui ao Rock in Rio porque ela é apaixonada pelo Justin Timberlake. Vim de lá apaixonado pela Jessie J. Como até costumam fazer tour juntos, podem voltar os dois a Portugal que nós agradecemos.

18 comentários:

  1. Tal e qual, sem tirar nem por. (Se passares lá em casa percebes) também eu a descobri (só conhecia a Price Tag) também eu fiquei fascinada, rendida. Sem dúvida alguém a nunca mais perder de vista. Uma artista inteira da cabeça aos pés e de dentro para fora!

    Jinhooooooooooosssssss

    ResponderEliminar
  2. Eu adoro o Justin T.! adorei o concerto, desde RIR no RJ em 2013, que tive esperança que ele viesse cá a Lisboa!
    Estava para ir só as 23h para o recinto, para apenas ver o justin, mas ainda bem que fui muito antes e vi a Jessei J. Conhecia algumas músicas que tocam na Rádio, e fiquei mesmo encantada com ela! Super simpática, alegre e gira :)
    Estou habituada a ir ao RIR sempre nos dias de rock e metal, este ano dei uma oportunidade ao mundo pop e não estou anda arrependida :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda vi um pouco de Mac Miller e também gostei. Mas a Jessie J esteve muito bem. Tal como o Justin. Adorei o concerto dele.

      Eliminar
  3. Eu há uns anos fui ver a Jessie J e pensava que ia ser um concerto normal mas também vim de lá fascinada. A atitude dela em palco e a voz que tem é de louvar!

    www.umablondie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre em movimento e cativa o público com um jeito muito especial.

      Eliminar
  4. Para mim, Jessie J foi o melhor concerto da noite. Justin esteve bem, sim, mas em termos de agarrar a atenção GERAL acho que ela esteve ligeiramente mais acima que ele.
    Foram dois bons concertos, disso não há duvidas. E sinceramente também fico com curiosidade de ver o que é que ele é capaz de fazer num concerto só seu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que ela ganhou com o factor surpresa. De todos esperarem por ele e ela aparecer em grande.

      Eliminar
  5. Já te respondi no FB e, se quiseres dar uma espreitadela aqui, só mesmo por curiosidade...

    http://cantinhodacasa.blogs.sapo.pt/jessie-j-722854


    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Eu pelo contrário não consegui ficar indiferente ao som dos Bombay Bicycle Club no palco da Vodafone, gostei muito. O que mais gosto dos festivais é a possibilidade de conhecermos novas bandas. No tempo da faculdade estava sempre atenta às novidades, agora é sempre mais difícil, o tempo/disponibilidade não ajuda e as rádios não primam pela variedade e novidade.

    Próxima paragem Optimus Alive ;)

    Entropica
    http://entropica.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que gostava de ter visto mas nem me lembrei deles. Gosto imenso.

      Eu devo ficar-me por este.

      Eliminar
  7. Vi os concertos na tv, e chegou cá a emoção de ambos durante os concertos. Fiquei tocada quando a Jessie cantou para o miúdo que estava na primeira fila, e o fim do concerto do Justin, com toda a gente a cantar o Mirrors foi assombroso!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando lhe limpou as lágrimas e quando se meteu com os seguranças esteve muito bem.

      Eliminar
  8. Apesar do estilo da JJ não ser dos que mais me seduz (sou uma miúda do rock puro e duro :) ), embora quase todo o tipo de música.

    Gosto muito da voz dela, tem um timbre fantástico, e a forma como canta é arrepiante!
    Gosto muito de algumas versões acústicas que ela tem, mas a que mais gosto Do it like a dude!

    "I can do it like a brother, do it like a dude
    Grab my crotch, wear my hat low like you"
    (tenho isto em loop na minha mente desde que li este post)

    Um dia destes faço uma versão disto e ponho-me no tubes :)

    K-Kiss
    Z.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa opção de música. Faz a versão e partilha :)

      beijos

      Eliminar
  9. Já vi pela blogosfera (e pela net no geral) imensas opiniões semelhantes à tua. Pelo que acho que tenho mesmo que ver as gravações de ambos os concertos, ASAP :P

    "Além disto Jessie J tem duas coisas que adoro. A primeira é o carregado sotaque britânico. Sou capaz de ficar, sem me fartar, horas a ouvir um sotaque destes." - idem! Para mim, o sotaque britânico é tipo um turn-on ahah :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vê que vale mesmo a pena. E sim, o sotaque é um turn on ;p

      Eliminar