12.5.14

quem me explica a utilidade disto #28

Quando era mais novo, gostava muito de andar de bicicleta. Era uma actividade que punha em prática muitas vezes com o meu grupo de amigos. E, na altura, havia uma moda que passava por prender um pedaço de plástico – parecido com uma língua – a uma das rodas. O objectivo era que fizesse um determinado barulho quando a bicicleta estava em movimento, sendo que as diferentes velocidades determinavam o barulho que se destacava por um sonoro tac tac tac tac.

Quando olhei para este objecto, os meus primeiros pensamentos foram para essas memórias. Pois é aquilo a que se assemelha. Rapidamente percebi que não podia ser porque estava num site onde esse tipo de artigos não são comercializados. Constatei então que se tratava do The Sqweel2, um simulador de sexo oral para elas. Aparentemente é um produto com bastante cobiça. Pois só isso explica que o representante se gabe de ser o primeiro vendedor nos Estados Unidos da América.


Este produto consiste numa série de línguas de silicone que têm como missão simular o sexo oral nas mulheres. É a melhor opção para elas, asseguram. O uso é do mais fácil que existe, dizem. Colocar as pilhas, gentilmente oferecidas, retirar a protecção, lubrificar as línguas e já está! Prazer assegurado com a vantagem, diz a marca, de que este artigo nunca se cansa, só mesmo quando as pilhas se gastam. Explicam ainda que as línguas também funcionam bem nos mamilos ou mesmo nos parceiros que apreciam uma boa lambidela, referem. Isto tudo a troco de cerca de 33 euros.

Quando o tema é sexo, sobretudo sexo oral, a ideia que tenho é a de que as mulheres são bastante exigentes. Não quer dizer que não o sejam com o restante sexo mas neste caso específico são bastante exigentes. Posto isto, não percebo como é que se podem contentar com um objecto destes cujas línguas estão sempre na mesma posição, efectuando um único movimento sempre com a mesma intensidade. Acho que, caso uma mulher seja uma adepta de sex toys, terá opções bem mais estimulantes do que esta. Mas, como posso estar a ver tudo ao contrário, quem me explica a utilidade disto?

18 comentários:

  1. Bruno, disseste tudo aqui: "a ideia que tenho é a de que as mulheres são bastante exigentes".
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Então mas isto encaixa-se no banco da bicicleta???

    ResponderEliminar
  3. Sinceramente, não vejo utilidade nenhuma... Tudo aquilo que disseste está correcto, no meu ver.

    ResponderEliminar
  4. Ainda não tinha visto esta preciosidade! :)
    Isto talvez sirva para alguém que seja muito adepto de sexo oral e que não tenha nenhuma língua disponível eheheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez perceba porque continua a não ter ninguém disponível :)

      Eliminar
  5. Não convence... nem pouco ou mais ou menos!

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. Parem la os 2 de dar á língua xD

      Eliminar
    2. An0nYmUs,
      Já diz a velha máxima, "enquanto houver língua e dedo, não há mulher que meta medo" ahahah xD

      Eliminar
  7. Uma vez em Pairs, vi uma cadeira numa exposição, de um século xpto, com um mecanismo parecido, a mulher sentava-se e tinha uma 'coisa' que girava e tinha várias 'línguas'... Pareceu-me pouco funcional...

    Não fazia ideia que se comercializavam coisas destas! eheheh!

    Sempre a aprender!

    Z.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que a pessoa também viu essa exposição :)

      Eliminar
  8. Não é a primeira vez que vejo esse brinquedo..
    Acho que como em tudo, ha gostos para dar e vender..
    E se esse objecto é bem vendido é porque as mulheres costumam gostar da sua função lol

    ResponderEliminar