28.5.14

nas costas dos outros vemos as nossas

Uma das piores coisas que as funcionárias de um café podem fazer é falar mal dos clientes, do patrão ou de outras colegas, no balcão do estabelecimento. Esquecem-se de que não estão numa pausa nem sozinhas e começam a falar alto sobre esta, aquele ou o outro, chegando a falar mal do cliente a uma curta distância do mesmo e perto de outros que nada têm a ver com a história. E, em alguns casos, ainda fazem caretas aos clientes. Como diz quem costuma tomar o pequeno-almoço comigo, “imagina o que dizem de nós quando saímos do balcão”.

34 comentários:

  1. É verdade. É muita falta de profissionalismo. Já assisti a cenas dessas e a minha vontade é sempre fazer queixa das empregadas em causa. Depois o meu lado mais "mole" acaba por não o fazer, mas era o que mereciam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não fosse a comida ser boa e barata e já me tinha fartado.

      Eliminar
  2. Ainda agora mesmo, saí do local onde por vezes vou beber o café da manhã. Bebo-o normalmente ao balcão, pois é algo rápido.
    Estavam as duas funcionárias a falar de forma muito desagradável, sobre um colega que iria substituir uma delas durante as suas férias e que, quem de direito, não tinha ensinado ao Pedro o procedimento dos bolos. A que ia de férias estava semi-preocupada, a outra estava-se completamente nas tintas. Isto é um brevíssimo resumo. E eu, ali, a ouvir a conversa toda, quase a levar com um perdigoto da mais exaltada e a pensar "o que é que eu tenho de ouvir isto".
    E muita falta de profissionalismo. Isso e patrões a dar descascas em frente aos clientes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu dia começa quase sempre assim. Também não gosto de ver discussões entre chefes e empregados em público.

      Eliminar
  3. ..e isso não acontece só nos cafés :)

    ResponderEliminar
  4. Realmente é de muito mau tom. Demonstra falta de formação.

    ResponderEliminar
  5. ja diz o ditado...nas costas dos outros vemos as nossas:)

    ResponderEliminar
  6. É bem mau. Imagina acontecer num estabelecimento de saúde. Já presenciei e ainda é pior, uma vez que têm de facto formação, mas nestes casos a formação não é o que determina estas situações, mas sim a educação e essa cada vez é menos abundante.

    ResponderEliminar
  7. Infelizmente isso nao acontece só em cafes, mas em todo lado. As pessoas nao têm noçao de onde estao e como se hao-de comportar. é triste...

    ResponderEliminar
  8. Sabe eu também ODEIO pessoas a falar mal das outras! Até porque quem diz mal dos outros...também o faz comigo.
    Deixei de tomar a bica num café por causa disso, e até fiquei com pena pois o café era optimo. .(
    Acho que é questão de falta de profissionalismo. Não basta ter boa apresentação para estar atrás de um balcão...
    VW

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá está. Nas costas dos outros vemos as nossas.

      Eliminar
  9. Uma verdade inegável.
    Fica tão feio.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só não deixei de lá ir porque a comida é boa, barata e porque é perto do ginásio.

      beijos

      Eliminar
  10. Foi uma coisa que notei em Lisboa, e que nunca tinha reparado em mais lado nenhum. Já em 3 restaurantes reparei que os empregados começam a falar mal dos clientes mal eles põem um pé fora da porta e nem se dão ao trabalho de falar mais baixo ou afastado dos clientes que ainda se encontram à mesa. É mesmo ali, alto e bom som e sem qualquer tipo de discrição. O meu pensamento foi "mais vale falarem mal depois, do que cuspirem no prato antes".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que nem se preocupam que os outros ouçam. É lamentável.

      Eliminar
  11. Fico incrédula...falam como se quem fica a ouvir fosse transparente e não estivesse ali...isso acontece por todo o lado ...nos balcões CTT..por exemplo...inacreditável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quando atendem o telemóvel pessoal e dizem aos clientes para esperarem?

      Eliminar
  12. Em qualquer lado acho eu, não é só no café.

    ResponderEliminar
  13. Em qualquer lado acho eu, não é só no café.

    ResponderEliminar
  14. Em qualquer lugar acho eu, e não só no cafés

    ResponderEliminar
  15. sou prof de educação física e ando durante a semana sempre de roupa desportiva. Custa-me entrar em lojas e tratarem-me com alguma rejeição. Quando ando mais bem vestida, pelo menos aos olhos deles, sou tratada como uma princesa. Agora digam-me: sou a mesma pessoa, trato-os da mesma forma, a minha conta bancaria é a mesma, os meus gostos são os mesmo e são hipócritas ao ponto de me tratar diferente conforme a roupa! Enfim...
    Há outra coisa muito importante: a comunicação não verbal, os empregados estão a dizer-me uma coisa e a expressão facial deles outra, é por isso que às vezes os clientes são frios com eles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já trabalhei numa loja de roupa e atendi um homem que ninguém quis abordar por ser simples. Gastou uma pequena fortuna na loja e deu-me uma bela comissão.

      Eliminar
  16. Bem se diz que as reguadas que levávamos na escola fazem, tão bem e tanta falta hoje!!!!!
    Mas já diz o ditado" não digas mal do teu vizinho, que o teu mal vem a caminho" .
    Mas a ignorância e não só a falta de educação , são como a crise....estão em excesso!
    Bem haja quem se sabe respeitar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existem pessoas que mereciam passar o dia a levar chapadas. E não são necessariamente as do café :)

      Eliminar
  17. Infelizmente comecei a ter percepção da frase 'nas costas dos outros vemos as nossas' bastante cedo e é um lema q tenho em consideração.
    Infelizmente existe muitas pessoas q não tentam esquecer e parece que vivem para a insatisfação se tudo e contra todos. Nem percebem como se tornam ridículas.
    Muitas vezes dá mesmo vontade de dizer na cara e posso dizer que já o fiz !! Fiz q n estava a tomar ao longe e depois fui ter com a pessoa. Chamei a atenção e ficou sem saber onde se meter e a olhar para as outras pessoas que estavam no estabelecimento. Muitas vezes n há pachorra...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não tenho paciência mas ainda tenho menos paciência para entrar em discussões que não me levam a lado nenhum e que apenas desgastam.

      Eliminar